NEF - Núcleo de Estudos do Futuro

Notícias

 

Notícias
DETENER EL GREENWASHING ES LUCHAR CONTRA EL CAMBIO CLIMÁTICO
El lavado verde acelera la catástrofe climática, pero podemos detenerlo. Emma Thompson, actriz, activista y guionista ganadora de un Oscar, escribía sobre ello en The Guardian el 2 de agosto de 2022 y Greenpeace lo replica en su web.
CÓMO ES LA INDUSTRIA DE ALTA TECNOLOGÍA EN ISRAEL
Hay que decir que el título de "nación emergente" se otorga a Israel con honor y honestidad. El hecho de que en las últimas décadas hayan surgido allí decenas de miles de nuevas empresas y de que gigantescas corporaciones tecnológicas internacionales hayan abierto sus propios centros de desarrollo en este país, ha convertido a Israel en uno de los abanderados y líderes mundiales en los campos de las tecnologías de élite... . Para tratar de entender el secreto de la magia de esta floreciente industria, cómo se ha desarrollado, cuál será su futuro, vale la pena mirarlo desde fuera por un momento, y puedes hacerlo con la ayuda del siguiente artículo que hemos preparado para ti, que sin duda te enseñará sobre La industria de alta tecnología blanquiazul (por los colores de su bandera) que ha surgido y está prosperando en el pequeño Israel.
INDÚSTRIA CONTARÁ COM 105 MILHÕES E 27 CENTROS DE PESQUISA PARA INVESTIR EM INOVAÇÕES SUSTENTÁVEIS
Rede MCTI/EMBRAPII de Inovação em Bioeconomia fomentará projetos disruptivos na área. Para estimular o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis e processos mais limpos na indústria nacional, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Empresa Brasileira de Inovação Industrial (EMBRAPII), organização social da pasta, encamparam uma série de ações de estímulo à inovação em bioeconomia. Entre as estratégias estão: a nova Rede MCTI/EMBRAPII de Inovação em Bioeconomia, o fomento Basic Funding Alliance (BFA) para projetos disruptivos na área e iniciativas alinhadas ao Plano Nacional de Fertilizantes. O total de recursos reservados ultrapassam os R$ 100 milhões.
BNDES CRIA FUNDO GARANTIDOR VOLTADO À EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PARA MICRO PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
Incentivando a implementação de projetos de eficiência energética, promovendo a redução das emissões de gases de efeito estufa e colaborando com o aumento da produtividade das micro, pequenas e médias empresas brasileiras, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou no dia 31/08, o Fundo de Garantia a Créditos para Eficiência Energética (FGEnergia). O Fundo prevê investir mais de R$300 milhões para fomentar projetos como modernização dos sistemas de iluminação, troca de equipamentos obsoletos de climatização e substituição de motores antigos por outros de menor consumo.
ESS ECONOMIA SOCIAL E SOLIDARIA
La Red Intercontinental de Economía Social y Solidaria (RIPESS) moderó en la sede de Naciones Unidas en New York el acto sobre el “Papel de la economía social y solidaria en la consecución de los ODS”. Con importantes presencias gubernamentales y de organizaciones internacionales, el evento representó el rol cada vez más relevante de la ESS a nivel internacional
ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO DO BRASIL CAI AO NÍVEL DE 2014 COM PANDEMIA
O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil recuou no ano passado para o mesmo nível que o País tinha há oito anos, em 2014. Em geral, de acordo com o relatório divulgado nesta quinta-feira pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), da Organização das Nações Unidas, 90% dos países registraram queda no IDH, resultado da pandemia de covid-19 e das sucessivas crises e incertezas que ela trouxe. ESTADÃO
O CÉU TEM RESPOSTAS PARA NOSSAS QUESTÕES MAIS PROFUNDAS
Um dos focos de interesse atual de Marcel Gleiser é o telescópio espacial James Webb, sucessor do Hubble, que segue uma trilha de conhecimento humano que começou na Babilônia, há milhares de anos, para tentar compreender o funcionamento do universo. “Olhamos para o céu em busca de conhecimento sobre nossas origens, sobre quem somos e se estamos sozinhos ou não”. ISTOÉ.
CIENTOS DE MILLONES DE PERSONAS NECESITAN ASISTENCIA HUMANITARIA
Trabajadores de asistencia humanitaria en el hogar de espera de maternidad en el campamento de desplazados Sabacare, en Etiopía. Unos 274 millones de personas en más de 60 países necesitan ayuda humanitaria para cubrir salud, alimentación y otros servicios esenciales. Esa cifra, superior en casi 40 millones a las personas urgidas de asistencia en 2021, es la mayor en la historia del sistema de ayuda humanitária. Fondo de Población de las Naciones Unidas (Unfpa) y la Oficina de Coordinación de Ayuda Humanitaria de la ONU (Ocha)
FONTES RENOVÁVEIS DEVEM AUMENTAR PARTICIPAÇÃO NA MATRIZ ENERGÉTICA EM 2022
O Ministério de Minas e Energia (MME) publicou, nesta quarta-feira (17/8), o Boletim Mensal de Energia referente ao mês de maio de 2022. De acordo com a publicação, em 2022, a Oferta Interna de Energia (OIE)* deverá crescer menos do que o consumo final de energia (CFE) nos setores econômicos. Isso vai decorrer da redução das perdas de energia na geração termelétrica como resultado da recuperação da geração hidráulica (recuo de 8,5% em 2021). Em 2021, o contrário ocorreu, com a OIE crescendo mais de um ponto percentual acima do CFE.

https://www.gov.br/mme/pt-br/assuntos/secretarias/spe/publicacoes/boletins-mensais-de-energia
LA SEQUÍA Y EL CALOR EXTREMO ESTÁN GOLPEANDO LAS TRES ECONOMÍAS MÁS GRANDES DEL MUNDO
Las condiciones extremas de calor y sequía están azotando a Estados Unidos, Europa y China, lo que agrava los problemas para los trabajadores y las empresas en un momento en que el crecimiento económico ya se está desacelerando drásticamente y se suma a la presión alcista sobre los precios.
VAMOS SALVAR OS OCEANOS PARA NOS SALVARMOS
Nossa salvação depende dos oceanos, eles são nosso patrimônio compartilhado. Se continuarmos a danificá-los, poluí-los e não enfrentarmos o problema das mudanças climáticas juntos, seremos nós os primeiros a sofrer as consequências. Este é um desafio global. Estamos perdendo tempo, é preciso agir agora. J. Sachs

https://www.ihu.unisinos.br/620158-grupos-catolicos-definem
CHINA ACABA DE CONMOCIONAR A LOS CIENTÍFICOS ESTADOUNIDENSES CON ESTO
El Desierto de Gobi siendo transfomado em um bosque verde. China está en un intenso carrera contrarreloj para detener el avance del desierto de Gobi hacia el sur que amenaza la el bienestar de todo el país. Es una lucha dura, pero China tiene un plan loco para convertir la desierto en un bosque verde! ¿Qué está haciendo China para evitar la propagación del Gobi? ¿Desierto? ¿Está ganando la guerra amenazando su suministro de alimentos?
COMO PAÍSES ESTÃO REFLORESTANDO DESERTOS
Os solos do nosso planeta estão se degradando em desertos a um ritmo sem precedentes, com consequências catastróficas. Mas é possível reverter essa tendência. Cientistas estão pesquisando maneiras de tornar o deserto verde. E, cada vez mais, parece ser possível impedir que a areia avance. Esse projeto de captação das enchentes repentinas é sensacional. Aqui em Minas tinha um projeto antigo chamado "Barraginhas", da Embrapa, que fazia uma sequência de pequenas barragens para capturar enxurradas, as barragens enchiam e a medida que o tempo passava, a barragens superiores iam alimentando as inferiores, promovia a conservação do solo e melhorava a infiltração.
TRANFORMACIÓN DIGITAL
Conferencia a cargo de María Apólito (Ministerio de Desarrollo Productivo, Alejandro Bianchi (CESSI) y Fernando Schapachnik (Fundación Sadosky). Se realizó la charla n° 3 «transformación Digital, actividad desarrollada en el marco del Programa Anual de Conferencias (PAC) que tiene como objetivo propiciar un espacio de encuentro virtual para el análisis y el debate en torno a escenarios futuros posibles, tecnologías emergentes, desafíos sectoriales y de vinculación con el territorio en los diferentes sectores estratégicos contemplados en el Plan Nacional de Ciencia, Tecnología e Innovación 2030.
UM SÓ PLANETA
Um Só Planeta também reúne as histórias dos jornalistas de 21 marcas das empresas Globo que estão empenhados em escrever um novo futuro para a Terra. Participam Valor Econômico, O Globo, Extra, Época, Época NEGÓCIOS, Galileu, Marie Claire, Quem, Crescer, Casa e Jardim, Globo Rural, Pequenas Empresas & Grandes Negócios, AutoEsporte, TechTudo, Vogue, Casa Vogue, GQ, Glamour, CBN, Rádio Globo e BH FM.
ESG por que a sigla se tornou prioridade para empresas?
De empresas a startups, o ESG fez a responsabilidade ambiental, social e de governança se tornar prioridade. Por que o ESG teve tanto poder para gerar mudança? Victor Marques, da CapTable Brasil

Vídeo: ESG – O que essa sigla significa e por que ela é tão importante para as empresas?
ECONOMÍA CIRCULAR Y LOS ODS EN EL ESPACIO BIRREGIONAL ALCUE
La Red Universidad-Empresa ALCUE (RedUE ALCUE), la Fundación para el Análisis Estratégico y Desarrollo de la Pequeña y Mediana Empresa (FAEDPYME) y la Unión de Universidades de América Latina y el Caribe (UDUAL) han formulado un proyecto de investigación colectiva sobre la temática de las vinculaciones que establecen las universidades con los sectores productivos que operan en el ámbito de la economía circular y el desarrollo sostenible como medio para avanzar en el logro de los ODS propuestos en la Agenda 2030 de la Naciones Unidas.
A GREEN HYDROGEN ECONOMY DEPENDS ON THIS LITTLE KNOWN MACHINE
Solar power depends on the solar cell. Wind power, the wind turbine.The key to the green hydrogen economy is a little-known machine with a name out of 1950s sci-fi — the electrolyzer. And after a century of obscurity, the electrolyzer’s moment has come. The device uses electricity to split water into hydrogen and oxygen. If that electricity comes from wind turbines, solar panels or a nuclear reactor, the whole process gives off no greenhouse gases. Factories, power plants, even jet aircraft can then burn that hydrogen without warming the earth.
COMPETIR EN LA AGROINDUSTRIA Estrategias empresariales y políticas públicas para los desafíos del siglo XXI
En medio de un complejo conjunto de retos geopolíticos, las agroempresas innovadoras de América Latina y el Caribe tienen la oportunidad de integrarse mejor en las cadenas globales de valor. Nuestro nuevo informe presenta una amplia gama de casos de estudio y ofrece valiosas lecciones no sólo para quienes innovan constantemente en el sector agrícola, sino también para los responsables de políticas públicas en la región que buscan nuevas y mejores fuentes de crecimiento económico. Qué estrategias las empresas agroindustriales pueden usar para insertarse en las cadenas globales de valor, Cómo la agroindustira puede aprovechar la tecnología para convertirse en un motor de desarrollo y creación de empleo e Por qué los sectores público y privado deben trabajar juntos para crear los bienes públicos necesarios para el éxito.
GLOBAL POPULATION PROJECTED TO EXCEED 8 BILLION IN 2022; HALF LIVE IN JUST SEVEN COUNTRIES
China has the world’s largest population (1.426 billion), but India (1.417 billion) is expected to claim this title next year. The next five most populous nations – the United States, Indonesia, Pakistan, Nigeria and Brazil – together have fewer people than India or China. In fact, China’s population is greater than the entire population of Europe (744 million) or the Americas (1.04 billion) and roughly equivalent to that of all nations in Africa (1.427 billion). A. Hackett, Pew
BUILDING COALITIONS OF POWER IN THE GLOBAL YOUTH CLIMATE MOVEMENT
In the wake of the collapse of meaningful climate legislation in the US as a result of a dysfunctional political system (followed immediately by a record-smashing heat wave in Europe), the impulse to throw up your hands and give up hope is all too real. It is no secret that our “planetary health” is headed in a disastrous direction, and to pretend otherwise is to bury your head in the sand. While climate change is ravaging communities worldwide, leaders with the power to slow the slide towards catastrophe are not those who will experience the worst effects. It is young people who are inheriting a planet deeply scarred by older generations' poor decisions and inaction. Given these realities, the movements being led by the next generation of leaders are nothing short of awe-inspiring. With their futures on the line, youth activists are rising up worldwide, displaying the type of vision, leadership and clear-eyed assessment of priorities that we should all be aspiring to achieve.
DESARRANJOS ECONÔMICOS DISSEMINAM MAL-ESTAR NAS FAMÍLIAS
Recordes de inflação, inadimplência e desemprego de longa duração angustiam o cotidiano brasileiro. Articulista afirma que para populações mais pobres, a inflação de alimentos pode ser o limiar da insegurança alimentar e, no extremo, da fome; na imagem homem e mulher fazem cálculo de dívidas. De fato, quase 80% das famílias, em abril, carregavam dívidas. No levantamento sistemático da CNC (Confederação Nacional do Comércio), este é o recorde histórico da série iniciada em 2010. A tendência de piora é evidente, mesmo com alguma oscilação dos indicadores. Em maio, 77,4% das famílias estavam endividadas, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). J. P. Kupfer

https://portal-bucket.azureedge.net/wp-content/2022/06/e75924e8a08d96d0a663e8e4e7f2334e
HISPANIC AMERICANS TRUST IN AND ENGAGEMENT WITH SCIENCE
Increasing representation in science seen as important for attracting more Hispanic people to Science. Hispanic Americans are one of the fastest growing groups in the nation, a trend that now extends far beyond historic Hispanic population centers to every region and state across the nation. Hispanic Americans are a diverse population, tracing their roots to the island of Puerto Rico, Mexico and more than 20 other nations across Central and South America, with experiences and views about American society often differing widely depending on whether they were born in the United States or immigrated to the country. C. Funk, M. H. Lopez, PeW
GETTING DEGLOBALIZATION RIGHT
It was clear at this year's gathering of business and political elites in Davos that the longstanding vision of a world without borders is no longer credible. Unfortunately, it was also clear that recognizing this basic truth is not the same as reckoning fully with past mistakes. J. E. Stiglitz
THE GLOBAL ECONOMY IN TRANSITION
Questions about economic growth, inflation, innovation, and the impact of the Ukraine war on the transition to green energy dominate discussions about the global economy's condition and prospects. The picture that plausible answers paint is not bleak, but it's not rosy, either. M. Spence
EL FUTURO DE LA INTELIGENCIA ARTIFICIAL LOS 3 MAYORES AVANCES QUE VEREMOS MUY PRONTO
El futuro de la inteligencia artificial ya está por llegar. Estos son los tres campos en donde veremos un mejor aprovechamiento de esta tecnología, y prometen cambiar la manera en la que vivimos. T. Rivero
COMO O MERCADO SE COMPORTA DURANTE UMA RECESSÃO ECONÔMICA
A volatilidade dos mercados tem um ciclo que já foi observado em recessões anteriores. Veja como funciona. Sergei Klebnikov, FORBES
É ERRADO APOSTAR NOS RECURSOS FÓSSEIS
Esta não é apenas a primeira guerra digital, a primeira em que a comunicação conta tanto quanto o que acontece no campo de batalha, mas também a última guerra da era dos combustíveis fósseis. É uma subversão da ordem estabelecida que, no horror geral do que está acontecendo, devemos considerar cuidadosamente. Jeremy Rifkin
AMAZÔNIA TEM MAIOR NÚMERO DE INCÊNDIOS EM MAIO DESDE 2004
Maior floresta tropical do mundo teve 2.287 focos de incêndio no mês, o maior número em 18 anos. É um desastre ambiental sem precedentes, que pode se agravar se o Congresso insistir em aprovar medidas do Executivo que fragilizem ainda mais a preservação do meio ambiente. INPE
CUSTO DE VIDA É DEBATIDO POR DOWBOR E GUSTAVO DE MORAES
Dois economistas com visões distintas debatem a alta do custo de vida, suas razões, as consequências e o que deve ser feito para mudar o atual quadro econômico do país. Por que o custo de vida está tão alto no Brasil? Quais as causas? Até que ponto os governos têm culpa do atual cenário? Quem ganha com isso? Quem perde? Como sair dessa situação de crise econômica? C. Fraga, IHU

https://www.youtube.com/watch?v=6OZjXUZ7akk
https://www.ihu.unisinos.br/categorias/613962-do-enriquecimento-que-empobrece-o-pais-ao-alimento-que-sobra-mas-nao-chega-a-mesa-entrevista-com-ladislau-dowbor
https://www.ihu.unisinos.br/categorias/614787-dowbor-grandeza-e-tragedia-da-infraestrutura
https://www.ihu.unisinos.br/categorias/618629-dowbor-retrato-do-capitalismo-em-fase-senil
PELA VIDA E PELA DEMOCRACIA
Este texto, Pela Vida e pela Democracia, nasceu como expressão de amor à pátria, ao povo brasileiro, especialmente, aos milhões de empobrecidos e marginalizados e às famílias que choram as mais de 660 mil vítimas do Coronavírus, a maioria delas, evitáveis. Nasceu também como protestação contra os verdadeiros crimes cometidos pelo atual presidente contra o povo, os pobres, os povos indígenas, negros, mulheres e jovens, contra a natureza e a própria humanidade.O grande desafio consiste na reconstrução do que foi literalmente destruído e na criação de uma atmosfera de civilidade, de dignidade e de irmandade entre todas as pessoas. L. Boff, M. M. M.de Miranda, J. O. Beozzo, M.H. Arrochelleas
VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA O QUE É IMPORTANTE SABER?
15 de junho é reconhecido pela Organização das Nações Unidas como o Dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. Nesse dia, o mundo todo se manifesta, buscando por uma conscientização coletiva a respeito das mais variadas formas de violências sofridas pela população longeva. Cartilha contribui com informações a respeito da violência cometida contra a pessoa idosa, tema urgente e que estará em pauta no Junho. Violeta. N. C. Verdi
FUGA DE CÉREBROS OS DOUTORES QUE PREFERIRAM DEIXAR O BRASIL PARA CONTINUAR PESQUISAS EM OUTRO PAÍS
Comunidade acadêmica aponta espécie de diáspora que vem preocupando comunidade científica nacional, por causa das consequências disso para o desenvolvimento do Brasil. BBC
WHY AND HOW THE ENERGY TRANSITION MUST BE ACCELERATED
The World Economic Forum Energy Transition Index (ETI) has shown that the world has made steady, albeit measured, progress on its energy transition journey over the past decade. Six key insights into why—and how—the energy transition must be accelerated.The current volatile market presents a unique opportunity to speed up energy transition endeavors and build resilience. Winning the race requires stakeholders to step up and work together on reducing demand for fossil fuels, ramping up clean energy investments, decarbonizing industries and reshaping end consumer energy consumption in a way that lays the foundation of a sustainable future. ACCENTURE
Sustentabilidade sobe de 6º para 1º lugar em ranking de desafios para os CEOs
Quando perguntados sobre qual o principal desafio para a empresa nos próximos dois ou três anos, pouco mais da metade dos executivos (51%) afirmou que é sustentabilidade, resposta seguida por regulação (50%), risco cibernético (45%) e infraestrutura de tecnologia (41%). É isso que mostra um estudo feito pela IBM e divulgado em primeira mão por Época NEGÓCIOS nesta semana. Se os líderes de Davos estão preocupados com a inflação, a pobreza e a crise energética, os CEOs têm uma palavra em mente: sustentabilidade. Se você acompanha - com afinco ou não - a cobertura de negócios, já deve ter percebido que esta é uma palavra cada vez mais presente, junto com ESG (sigla para agenda de responsabilidade ambiental, social e de governança)

https://epocanegocios.globo.com/Um-So-Planeta/noticia/2022/04/58-dos-ceos-dizem-que-suas-empresas-praticam-greenwashing-aponta-pesquisa.html
A TERRA GRITA Entrevista com Bruno Latour
Os seus trabalhos sobre a crise climática o tornaram uma figura de renome mundial na questão ecológica, “o pensador que inspira o planeta”. A. Spadaro, IHU

Diante de Gaia: Oito conferências sobre a natureza no Antropoceno
Os seus trabalhos sobre a crise climática o tornaram uma figura de renome mundial na questão ecológica, “o pensador que inspira o planeta”. A. Spadaro, IHU
CUSTO DE VIDA É DEBATIDO POR DOWBOR E GUSTAVO DE MORAES
Dois economistas com visões distintas debatem a alta do custo de vida, suas razões, as consequências e o que deve ser feito para mudar o atual quadro econômico do país. Por que o custo de vida está tão alto no Brasil? Quais as causas? Até que ponto os governos têm culpa do atual cenário? Quem ganha com isso? Quem perde? Como sair dessa situação de crise econômica? C. Fraga, IHU

https://www.youtube.com/watch?v=6OZjXUZ7akk
https://www.ihu.unisinos.br/categorias/613962-do-enriquecimento-que-empobrece-o-pais-ao-alimento-que-sobra-mas-nao-chega-a-mesa-entrevista-com-ladislau-dowbor
https://www.ihu.unisinos.br/categorias/614787-dowbor-grandeza-e-tragedia-da-infraestrutura
https://www.ihu.unisinos.br/categorias/618629-dowbor-retrato-do-capitalismo-em-fase-senil
COMO OS COBOTS FAZEM A DIFERENÇA?
Robôs colaborativos ou Cobots são máquinas versáteis, fáceis de usar. Eles conseguem automatizar muitos processos e realizar uma série de tarefas usando diversas ferramentas de braço. Ao contrário de soluções de automação tradicionais, os cobots são fáceis de movimen - tar. Uma vez programados para tarefas e locais específicos, os Engenheiros de produção exigem qualidade, flexibilidade, produção, manutenção e confiabilidade. cobots podem ser rapidamente aplicados em qualquer lugar do chão de fábrica. Sua pegada reduzida diminui o transtorno em questão de espaço e arranjo da célula. Talvez o maior benefício seja nos longos ciclos de trabalho, mesmo com utilização intensiva, ano após ano.
OECD Local Skills Week
Across the OECD, labour markets are tightening and more than 2 out of 5 employers state they have difficulties filling jobs. People require training, reskilling and upskilling now more than ever to fill these gaps. As highlighted in the OECD Local Skills Week, local communities are best positioned to respond to this urgent call for solutions that respond both to the needs of employees and businesses.
HYBRID WORK IS HERE TO STAY
Hybrid work is here to stay. Location- and time-flexible work arrangements have increased dramatically since the pandemic’s onset. However, hybrid work is still in its infancy and numerous challenges remain. Uneven, divergent sentiments exist among knowledge workers with regard to its benefits and challenges. To reap the benefits of hybrid work, it is important for organisations to adopt a human-centric approach, putting employees at the forefront of corporate policymaking and implementation.
ESTA CRISIS DA PANDEMIA REVELA LA NECESIDAD DE UN CAMBIO RADICAL Y QUE ESTE ES POSIBLE
La crisis ha demostrado que nuestra salud depende de la salud de nuestros ecossistemas y de la solidaridad con la que nos cuidamos los unos a otros. La pandemia ha forzado a cambios drásticos. Algunas cosas volverán a su cauce, y podremos salir, pasear, trabajar, reunirnos con amigos y familias. Pero muchas cosas serán distintas. El mundo globalizado tendrá diferentes características; estará en nosotros hacer de ese nuevo mundo pos-COVID algo bueno, mejor que antes. Es una crisis tremenda, dolorosa, triste. Pero como toda crisis ofrece una oportunidad. Por ejemplo, nuestra generación podría recuperarse de la irresponsabilidad con la que hemos tratado al planeta y a los más desventajados de la sociedade. A. C. Fernádez, Noticias Obreras

https://www.hoac.es/2019/01/09/novedad-editorial-no-os-dejeis-robar-la-dignidad-el-papa-francisco-y-el-trabajo/
THE COMING FOOD CATÁSTROFE WAR IS TIPPING A FRAGILE WORLD TOWARDS MASS HUNGER. FIXING THAT IS EVERYONES BUSINESS
By invading ukraine, Vladimir Putin will destroy the lives of people far from the battlefield—and on a scale even he may regret. The war is battering a global food system weakened by covid-19, climate change and an energy shock. Ukraine’s exports of grain and oilseeds have mostly stopped and Russia’s are threatened. Together, the two countries supply 12% of traded calories. Wheat prices, up 53% since the start of the year, jumped a further 6% on May 16th, after India said it would suspend exports because of an alarming heatwave.The widely accepted idea of a cost-of-living crisis does not begin to capture the gravity of what may lie ahead. António Guterres, the un secretary general, warned on May 18th that the coming months threaten “the spectre of a global food shortage” that could last for years.
TRANSFORMING OUR SYSTEMS FOR A SUSTAINABLE FUTURE
Sustainability is in our very DNA It's not optional. It's a business imperative.

https://impact.economist.com/sustainability/project/systems-thinking/assets/pdf/article_compressed.pdf
ESTA CRISIS DA PANDEMIA REVELA LA NECESIDAD DE UN CAMBIO RADICAL Y QUE ESTE ES POSIBLE
La crisis ha demostrado que nuestra salud depende de la salud de nuestros ecossistemas y de la solidaridad con la que nos cuidamos los unos a otros. La pandemia ha forzado a cambios drásticos. Algunas cosas volverán a su cauce, y podremos salir, pasear, trabajar, reunirnos con amigos y familias. Pero muchas cosas serán distintas. El mundo globalizado tendrá diferentes características; estará en nosotros hacer de ese nuevo mundo pos-COVID algo bueno, mejor que antes. Es una crisis tremenda, dolorosa, triste. Pero como toda crisis ofrece una oportunidad. Por ejemplo, nuestra generación podría recuperarse de la irresponsabilidad con la que hemos tratado al planeta y a los más desventajados de la sociedade. A. C. Fernádez, Noticias Obreras

https://www.hoac.es/2019/01/09/novedad-editorial-no-os-dejeis-robar-la-dignidad-el-papa-francisco-y-el-trabajo/
POPULAÇÃO E AVANÇOS CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS
O fato é que vivemos num Planeta finito e é impossível manter o crescimento demoeconômico de forma infinita. Além do mais a humanidade já ultrapassou a capacidade de carga da Terra e o déficit ambiental cresce ano após ano. A crise climática e ambiental é uma realidade inexorável. Por conseguinte, os avanços científicos e tecnológicos num quadro de redução do tamanho da população é o melhor incentivo para a melhoria do bem-estar humano e das demais espécies vivas do Planeta. E. d. Alves, IHU

https://www.ecodebate.com.br/2022/02/23/a-china-com-menos-gente-e-mais-robos-e-automacao/
CIDADANIA MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE
A polissemia das noções que dão título a este livro tem sido estudada, com base em diferentes fundamentos teóricos e argumentos políticos, reafirmando assim não só a saudável diversidade do campo, como os seus aspectos transdisciplinares e transversais, mas também sua rebeldia e radicalidade epistemológicas, tão necessárias frente às constantes e pouco éticas tentativas dos praticantes da “ciência normal” de imporem seus autores, argumentos, métodos e ideologia. M. M. Dosciatti de Oliveira, M. Mendes, C. M. Hansel, S .Damiani. UCS
O RETORNO DO CLUBE DE ROMA VAMOS PARAR O EXTERMÍNIO DO FUTURO
Como uma surpresa, quase um anacronismo após mais de dois anos de uma pandemia que continua furiosamente a moer vítimas - seis milhões e 250 mil, segundo estimativas oficiais, pelo menos o triplo considerando os mortos em excesso - e uma guerra europeia que nos obrigou a levantar o véu sobre o pesadelo nuclear que havíamos domesticado e quase esquecido, o Clube de Roma faz um balanço dos cinquenta anos que se passaram desde a publicação de seu famoso relatório Os limites do crescimento. D. Padoan
RAY DALIO VE O FUTURO A PARTIR DA ASCENSAO E QUEDA DOS IMPERIOS
Ao nos apresentar seu sistema de análise preditiva ― responsável pelo sucesso dos portfólios gerenciados por sua empresa, a Bridgewater Associates ―, Dalio oferece mais que uma ferramenta de investimento. O que temos em mãos são princípios atemporais e práticos para lidar com o presente enquanto vislumbramos o futuro.
O investidor Ray Dalio faz uma extensa pesquisa histórica e financeira para desvendar as engrenagens do passado que ditam os rumos da sociedade até hoje. Nesse novo livro da consagrada série Princípios, o autor aplica sua larga experiência no mercado financeiro ao estudo da ascensão e da queda dos grandes impérios nos séculos recentes. Os fundamentos mercantis do Império Holandês, a importância internacional alcançada pela moeda do Império Britânico e a atual ameaça das inovações chinesas frente ao Império Americano tornam-se, sob o olhar analítico de Dalio, elementos-chave para compreender o Grande Ciclo que leva aos altos e baixos da economia, da cultura e da humanidade como um todo.

Princípios Para a Ordem Mundial Em Transformação: Por que As Nações Prosperam e Fracassam
VIVEMOS UMA RUPTURA CIVILIZATÓRIA
Vivemos uma ruptura civilizacional e todas as suas consequências representarão desafios sociais e políticos cruciais desta década. Para explicar o complicado vínculo entre as tecnologias digitais e o “indivíduo tirano”, Eric Sadin responde sobre a cultura neoliberal e a sociedade digitalizada, o efeito sobre os psiquismos, a vigilância e controle do digital, sobre certo “estado de ingovernabilidade permanente” das massas, o acesso direcionado à informação, acerca do Facebook, Twitter e Instagram como divindades digitais da doxa. Em suma, sobre um rompimento civilizacional de vastas projeções. R. R. Rios, Perfil

https://www.ihuonline.unisinos.br/edicao/550
A ORDEM MUNDIAL ATUAL É A MAIOR DESORDEM MUNDIAL É PRECISO DESARMAR A RAZÃO ARMADA
A humanidade vive tempos de incerteza. Os avanços tecnológicos e científicos aceleraram o tempo que muda a realidade, onde o presente condiciona o futuro, e é preciso ter a consciência de que colhemos o que semeamos. A corrida armamentista infelizmente é uma realidade. Buscam segurança, cada dia mais insegura. Adolfo Pérez Esquivel
PUBLICAÇÃO QUESTIONA VISÃO POSITIVISTA DA ROBÓTICA E DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL
A fim de se contrapor aos bestsellers que afirmam ser as tecnologias robóticas e de inteligência artificial (IA) candidatas a suplantar as capacidades humanas em atividades de natureza intelectual não rotineiras, Daniel Albiero, professor da Faculdade de Engenharia Agrícola da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), propõe uma análise crítica a essa visão tecnológica positivista em seu livro Robots and AI: Illusions and Social Dilemmas: Cartesian Illusions and Social Unsettling Questions. Editora Springer-Nature 2022.

https://link.springer.com/book/10.1007/978-3-030-95790-2
THE FUTURE OF LIFE AND AI FOR HUMANS
With the specter of World War 3 being talked about in hushhush conversations and dire warnings being sounded about the monstrous idea of giving artificial intelligence (AI) control over nuclear weapons just in case they lose their bearings and trigger an apocalyptic conflict in the likeness of Armageddon, I decided to make an effort to get a deeper understanding on this thing called AI, and more importantly its impending progeny Artificial Generalized Intelligence (AGI). C. N. Nelson, FUTURE MATTERS, WFSF

https://issuu.com/wfsf.president/docs/human_futures_magazine_march_2022-pagever
WE NEED TO TALK ABOUT RENEWABLES
The renewable energy sector promises to tap into limitless sources of energy while tackling pollution and climate change. However, the materials needed to capture and store this energy are finite. As the industry scales at pace, renewable infrastructure designed within a ‘take-make-waste’ linear system could contribute to greenhouse gas emissions and biodiversity loss. To prevent this solution becoming a problem, renewable energy infrastructure needs to be built for a circular economy. Tansy Robertson-Fall, Ellen MacArthur Foundation
NOVA VISÃO DO UNIVERSO: UM FÍSICO AFIRMA QUE O TEMPO CORRE EM DUAS DIREÇÕES
O cientista teórico Julian Barbour, ex-professor da Universidade de Oxford propõe uma nova concepção do tempo e questiona a narrativa clássica do Big Bang. O pesquisador sugere a hipótese de um Universo de dois lados, com um tempo que avança em duas direções. A ideia levanta questões profundas sobre nossa própria existência. Barbour é autor do livro “The Janus Point: A New Theory of Time” (“O Ponto de Janus: uma nova teoria do tempo”, em tradução livre).
WHAT COULD POSSIBLE GO RIGHT
Nate Hagens is the Director of The Institute for the Study of Energy & Our Future (ISEOF), an organization focused on educating and preparing society for the coming cultural transition. Allied with leading ecologists, energy experts, politicians and systems thinkers, ISEOF assembles road-maps and off-ramps for how human societies can adapt to lower throughput lifestyles.
NEM MODERNISTA NEM ANTI-MODERNISTA A ARTE INDÍGENA CONTEMPORÂNEA E COSMOPOLÍTICA NA VANGUARDA DE UM BRASIL QUE JAMAIS FOI MODERNO
É possível pensar a arte para além do vocabulário e das instituições ocidentais? De que ordem seria uma paradoxal vanguarda que é não moderna e, por isso, mesmo uma versão completamente original e atemporal do que foi o Modernismo no Brasil? O que esta entrevista trata, dialoga com estas perguntas, ainda que, talvez, não seja capaz de respondê-las integralmente, inclusive por uma falta de interesse a certos academicismos. Por iniciativa de Librandi, alguns artistas indígenas, com os quais tem interlocução, foram convidados a participar desse debate editado em conjunto, seguindo a sua proposta de uma escuta ativa e coletiva. Do caleidoscópio de provocações suscitadas pelas perguntas e que podem ser lidas na íntegra a seguir, recortamos três breves trechos sobre a maneira pela qual Gustavo Caboco, Denilson Baniwa e Daiara Tukano compreendem os significados complexos abarcados pela noção de Arte Indígena Contemporânea – AIC. R. Machado, IHU
PRECIOS SEGUIRÁN AL ALZA HASTA EL 2024, SEGÚN BANCO MUNDIAL
Impacto. Conflicto geopolítico entre Ucrania y Rusia mantendrá elevado el valor de los alimentos de la canasta familiar, así como el de los energéticos. En Perú, la inflación a 12 meses ronda el 7%. Economías en vías de desarrollo son las más afectadas por el proceso inflacionario mundial. F. Cuadros
PRIMEIRO UNICÓRNIO SOCIAL DA AMÉRICA LATINA CRESCE NO BRASIL
Nós acreditamos no propósito e no impacto social como proposta de valor. Por isso, nosso modelo de negócio não visa só o lucro”, afirma Eduardo della Maggiora, fundador e CEO da Betterfly. “Em nossa essência estão as pessoas e a preocupação com o planeta. A ideia de construir um ecossistema integrado por meio da tecnologia busca democratizar o acesso ao bem-estar físico, mental e financeiro, além de aproximar as pessoas de causas sociais tão urgentes. Queremos escalar o uso da nossa plataforma para proteger o futuro de 100 milhões de pessoas até 2025 e fazer a diferença na vida delas. É isso o que nos move.”
AS GUERRAS PODEM ACABAR COM A DESTRUIÇÃO DE UMA DAS PARTES OU COM UMA SOLUÇÃO DIPLOMÁTICA, MAS OS ESTADOS UNIDOS E A CHINA A RECUSAM
O grande linguista Noam Chomsky acompanha a Ucrânia há anos. As suas raízes estão lá, mas não é uma questão de laços de sangue ou de terra. A família de Chomsky, um ativista socialista libertário, é o gênero humano. Ameaçado pela catástrofe climática global para a qual a guerra de Putin está nos arrastando, com graves responsabilidades dos Estados Unidos e da Otan que Chomsky vem denunciando há anos. Como a invasão estadunidense do Iraque e a invasão da Polônia por Hitler e Stalin, a invasão russa da Ucrânia é um exemplo clássico daquilo que o Tribunal de Nuremberg definiu como “crime internacional supremo, que difere dos outros crimes de guerra na medida em que contém em si a soma de todos os males”. No caso do Iraque, isso inclui a incitação a conflitos étnicos que dilaceraram o país e a região, a ascensão do ISIS e outros horrores. Luca Mastantonio, IHU
A PAZ NO MUNDO PASSA PELA TRANSIÇÃO ECOLÓGICA
Esperamos que as tensões induzidas pela guerra na Ucrânia permitam que todos entendam que, se nos recusarmos obstinadamente a descarbonizar nossos estilos de vida, o aquecimento global tornará inabitáveis áreas inteiras do nosso planeta durante a segunda metade deste século. Já não serão alguns milhões de refugiados que procurarão refúgio em regiões habitáveis e pacíficas – como os ucranianos hoje –, mas várias centenas de milhões de mulheres e homens. Da mesma forma, se nossa indústria não mudar rapidamente para um modelo circular e de baixa tecnologia, que consome pouca energia e minerais, para reduzir sua própria dependência das matérias-primas, surgirão outras guerras por metais raros e energia e provocarão mais cortes no fornecimento. Gaël Giraud, IHU
A NOVA VIA REQUER A INTEGRAÇÃO DA ECOLOGIA NA ATIVIDADE ECONÔMICA E SOCIAL
A necessidade ecológica deve produzir fontes de energia limpa, deve despoluir nossas cidades e nosso campo, desenvolver a agricultura agrícola e agroecológica e reduzir a agricultura industrial que polui e esteriliza os solos, reformar o consumo para alimentos saudáveis e produtos de verdadeira utilidade, bem como de qualidade estética e cultural. A nova via requer a integração da ecologia na atividade econômica e social civilizacional. A necessidade ecológica deve produzir fontes de energia limpa, deve despoluir nossas cidades e nosso campo, desenvolver a agricultura agrícola e agroecológica e reduzir a agricultura industrial que polui e esteriliza os solos, reformar o consumo para alimentos saudáveis e produtos de verdadeira utilidade, bem como de qualidade estética e cultural. Edgar Morin
SCALING THE CIRCULAR CARBON ECONOMY: 2021 MARKET REPORT KEY TAKEAWAYS
The Circular Carbon Network (CCN) is an XPRIZE initiative founded on the idea of building and nurturing the most important sector of the 21st century — managing our waste CO2, converting a portion of that waste into a valuable, sustainable resource for society. We noticed a severe lack of data about startups, investors, and market trends in the field, and decided to try to help fill that gap. The Circular Carbon Network provides insight into the economic history and psychology of the rapidly growing carbontech field by studying four different groups: Innovators, Investors, Corporates, and Catalysts. Marcius Extavour, XPRIZE

https://circularcarbon.org/market-report/
https://circularcarbon.org/wp-content/uploads/2022/04/CCN-2021-Report-final-6.pdf
PLASTIC POLLUTION IS GROWING RELENTLESSLY AS WASTE MANAGEMENT AND RECYCLING FALL SHORT
The world is producing twice as much plastic waste as two decades ago, with the bulk of it ending up in landfill, incinerated or leaking into the environment, and only 9% successfully recycled, according to a new OECD report. Ahead of UN talks on international action to reduce plastic waste, the OECD’s first Global Plastics Outlook shows that as rising populations and incomes drive a relentless increase in the amount of plastic being used and thrown away, policies to curb its leakage into the environment are falling short. OECD

https://www.oecd.org/centrodemexico/medios/perspectivas-globales-del-plastico.htm
https://www.oecd.org/environment/plastic-pollution-is-growing-relentlessly-as-waste-management-and-recycling-fall-short.htm?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=currentclimate&cdlcid=5d1670a71802c8c524ce4f84
Especialista da ONU defende inovação para promover uso eficiente da terra e superar a fome
Mais de 800 milhões de pessoas são afetadas pela fome ou pela subnutrição no mundo. E a crise climática poderá levar outros 100 milhões a essa condição. A deficiência em micronutrientes afeta mais de 2 bilhões de pessoas. E um em cada dez habitantes do planeta consome comida insalubre. Esse quadro alarmante está se agravando, a despeito do extraordinário avanço tecnológico e do enorme desperdício de alimento. E apresenta, como outra face da mesma moeda, a acelerada destruição do meio ambiente. Os dados foram apresentados pelo cientista Joachim von Braun, professor no Centro de Pesquisa para o Desenvolvimento da Universidade de Bonn, na Alemanha, e presidente da Pontifícia Academia de Ciências do Vaticano. José Tadeu Arantes, FAPESP

www.youtube.com/watch?v=PDOFkge3C3M
CUIDAR DOS COLABORADORES CRIA UM AMBIENTE DE TRABALHO COM UM BOM CLIMA ORGANIZACIONAL E TALENTOS MOTIVADOS, IMPULSIONANDO O CRESCIMENTO DA EMPRESA.
O crescimento da empresa não é obra do acaso. É possível mapear causas que, frequentemente, impulsionam as organizações na realização de seus objetivos. Hoje, a principal delas é cuidar dos colaboradores. Para entender essa relação, a Universidade da Califórnia realizou estudo sobre a importância da felicidade no trabalho. Entre os resultados, os colaboradores felizes são 31% mais produtivos, 3 vezes mais criativos e vendem 37% mais. GPTW
A CRISE DE SENTIDO E O FUTURO DAS ORGANIZAÇÕES
Ao pensar sobre a crise de sentido e a fragmentação do conhecimento que caracterizaram o trabalho no mundo contemporâneo, devemos nos perguntar: se trabalhamos para viver, ou vivemos para trabalhar, por isto está emergindo um novo tipo de consciência expandida (econômico social – ambiental – espiritual) capaz de repensar o complexo mundo atual por meio de novas lideranças transformadoras. A. de Hoyos, V. Dib
Revista Organizações em Contexto (ROC) 2005, Vol 1 No 2
Para entender o IPCC seus Relatórios e Grupos de Trabalhos
Estima-se que as atividades humanas tenham causado cerca de 1,0°C de aquecimento global acima dos níveis pré-industriais, com uma variação provável de 0,8°C a 1,2°C. É provável que o aquecimento global atinja 1,5°C entre 2030 e 2052, caso continue a aumentar no ritmo atual. São três os Grupos de Trabalhos que auxiliam na elaboração dos relatórios do IPCC. O “Grupo de Trabalho I” (https://www.ipcc.ch/report/ar5/wg1/), responsável pela base física e científica da mudança do clima; o “Grupo de Trabalho II” (https://www.ipcc.ch/working-group/wg2/) pelo impacto da mudança do clima, adaptação e vulnerabilidade; e o “Grupo de Trabalho III” (https://www.ipcc.ch/working-group/wg3/) que analisa a mitigação das mudanças climáticas. o Sexto Relatório de Avaliação pelo IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas) – Mitigação das Mudanças Climáticas -, o Programa FAPESP Mudanças Climáticas

Webinário FAPESP Mudanças Climáticas - Novo Relatório do IPCC WGII- AR6
SOLO DEGREDADO
A agricultura, a desflorestação e outros factores têm provocado a degradacão e erosão do solo superficial a taxas alarmantes. A nível mundial, 52% das terras agrícolas já se encontram degradadas. O planeta está em crise. Se as actuais taxas de degradação do solo continuarem, este será o fim da vida tal como a conhecemos.

http://savesoil.org
BASE DE DADOS TRAZ MAPAS DE TODAS AS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO BRASIL
O Centro de Estudos da Metrópole (CEM) disponibilizou o acesso gratuito a seu acervo cartográfico georreferenciado das Unidades de Conservação (UCs) de todo o Brasil. Estruturado pela Equipe de Transferência e Difusão do CEM – um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP sediado na Universidade de São Paulo (USP) e no Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap) –, o banco de dados traz o mapeamento das UCs, classificadas em 11 categorias estabelecidas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), com mapas em escala compatível com o arquivo de municípios (1:250.000). FAPESP
AUMENTO DO DESMATAMENTO EM TERRAS INDÍGENAS PODE IMPEDIR O BRASIL DE CUMPRIR METAS CLIMÁTICAS
Sob constantes pressões, as terras indígenas (TI) na Amazônia têm registrado uma aceleração das taxas de desmatamento nos últimos anos. Algumas delas, como a TI Apyterewa, no Pará, são especialmente afetadas, ameaçando as metas internacionais assumidas pelo Brasil de combate à derrubada da floresta e mitigação dos impactos das mudanças climáticas. Para proteger as fronteiras amazônicas que restam preservadas, é necessário a aplicação de ações efetivas baseadas na legislação ambiental.

http://terrabrasilis.dpi.inpe.br/app/dashboard/deforestation/biomes/legal_amazon/rates
DIVERSIDAD E INCLUSIÓN SON MATERIAS PENDIENTES EN EL TRABAJO
Una de cada cuatro personas no se siente valorizada en el trabajo y, en cambio, aquellos que se sienten incluidos ocupan cargos más altos, mostró un estudio de la Organización Internacional del Trabajo (OIT) sobre diversidad e inclusión divulgado este miércoles 6. El estudio abarcó a más de 12 000 empleados en 75 países de cinco regiones del mundo, y solo la mitad de los encuestados manifestó que la diversidad y la inclusión estaban suficientemente identificadas y disponías de recursos suficientes en la cultura y estrategia de sus lugares de trabajo. Manuela Tomei, OIT

https://www.ilo.org/global/lang--en/index.htm
WORLD INEQUALITY REPORT 2022
The World Inequality Report 2022, to be published on December 7th, 2021, presents the most up-to-date and complete data on the various facets of inequality worldwide as of 2021: global wealth, income, gender and ecological inequality. The data and analysis are based on several years’ work by more than one hundred researchers from around the world, and will be published by the World Inequality Lab. In 2021, after three decades of trade and financial globalization, global inequalities remain extremely pronounced: they are about as great today as they were at the peak of Western imperialism in the early 20th century.

https://inequalitylab.world/en/
https://wir2022.wid.world/www-site/uploads/2022/03/0098-21_WIL_RIM_RAPPORT_A4.pdf
World Inequality Report 2022 - Introduction
DERRUBANDO MUROS
O sociólogo e investidor José Cesar Martins coordena o Derrubando Muros, Grupo de pessoas com diferentes origens preocupado com as ameaças à democracia. Temos o propósito de nos concentrar sobre questões como “onde a gente errou?” e “onde a democracia deixou de entregar?”. Desde o início, nosso objetivo é olhar para um projeto de país, um país que decide seu destino, que faz escolhas, e que para isso tem que ter uma agenda. No Brasil, a gente tem essa carência: a política em geral é feita sem projeto.
A CRISE DA DEMOCRACIA
Biblioteca Virtual da FAPESP Fonte referencial de informação para a Pesquisa Apoiada pela FAPESP
A democracia representativa está em crise por toda parte. Para muitos eleitores, o regime não entrega o que promete, e muitos se sentem manipulados pela ação dos políticos e dos representantes eleitos, e não o foco das decisões tomadas pelo sistema político. No centro da crise está a avaliação críticas dos líderes políticos e dos partidos que viabilizam a sua chegada ao poder. É como se a política tivesse perdido a capacidade de tocar a vida das pessoas comuns. J. A. Moisés

https://bv.fapesp.br/
ESTAMOS VIVENDO UM MOMENTO DECISIVO DA HISTÓRIA GLOBAL
É a descida do barranco do imperialismo estadunidense, aponta o professor Alysson Mascaro da Universidade de São Paulo. A globalização rachou em dois pedaços. "Os Estados Unidos estão diante de um paredão, com outros jogadores na geopolítica", afirma. "O imperialismo costumava sair de suas crises jogando com a espoliação de outros países. Agora, Rússia e China deram um basta." Segundo ele, ainda não há nenhum movimento concreto para libertar o Brasil das garras do imperialismo estadunidense porque a burguesia brasileira continua atavicamente ligada a este sistema de dominação. L. Attuch, 247

https://www.youtube.com/watch?v=tyECa9N3vUI
A TERCEIRA ONDA DE INOVAÇÃO NA AGRICULTURA E NA ALIMENTAÇÃO
Agricultura vertical e carnes cultivadas representam uma terceira onda de inovações que deve trazer mudanças drásticas num dos mais importantes setores da economia global. O mundo das commodities agropecuárias e de seus traders convencionais parece estar com os dias contados. R. Abramovay, USP
EL IMPACTO EN LATINOAMÉRICA DE LA INVASIÓN RUSA EN UCRANIA
América Latina se está viendo afectada por la guerra en Ucrania: han aumentado los precios de la energía y los alimentos. Muchos países se enfrentarán a corto plazo a una inflación aún mayor y a una ralentización del crecimiento económico. Además, ciertos sectores productivos están en riesgo. ¿Cómo están reaccionando países como Brasil o Argentina, que poco antes de la guerra visitaron el Kremlin? ¿Aumentará el descontento social a causa del hambre? ¿Quiénes se podrían beneficiar de todo esto? Te lo ponemos en #ContextoDW

https://www.youtube.com/watch?v=-6p4pNq9S4Q
TAPPING FOR DISASTERS
According to the UN Panel on Climate Change, the number of “extreme weather events” like floods, tornadoes and forest fires, has nearly doubled in the past decade. Human-made disasters—such as mass shootings, warfare and violent conflicts—have also increased. Between 30 and 60 percent of survivors suffer symptoms of PTSD. Energy psychology methods like tapping are a remarkably effective treatment, as this review of the scientific evidence by psychologist David Feinstein shows us.

Uses of Energy Psychology Following Catastrophic Events
THE SUSTAINABLE HEALTH EQUITY MOVEMENT SHEM
At SHEM we link citizens, public health and healthcare, scientists, academics, and related institutions from all regions, cultures, and ideologies pursuing the universal right to health. We aim to promote sustainable health equity as an ethical principle that guides all national and international economic, social, and environmental policies. We urge the World Health Organization member states to take action to review the existing global health governance mechanisms, including consultation with civil society and other stakeholders, and to propose changes to the multilateral systems on preparedness and responses to health threats.
PLATAFORMAS NÃO QUEREM COMPROMETER LUCRO PARA COMBATER FAKE NEWS
David Nemer defende que empresas foquem 'hubs de desinformação', perfis que orquestram campanhas nas redes. Para o antropólogo e pesquisador David Nemer, que integra o Centro Berkman Klein para Internet e Sociedade da Universidade Harvard (EUA), a falta de comprometimento das empresas pode ser explicada por interesses econômicos. "Elas não querem de fato agir de forma a diminuir engajamento, já que fake news geram engajamento, e engajamento é a forma pelo qual elas monetizam. Não querem comprometer o lucro com medidas que possam reduzir o efeito da desinformação". A. Ribeiro, FOLHA

Projeto Comprova encerra quarta fase com 187 verificações publicadas
AUMENTA INTERESSE DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES POR TEMAS SOCIAIS APONTA PESQUISA
Responsáveis por crianças e adolescentes com idades entre 11 e 17 anos notaram interesse de alunos por Saúde, Equidade Racial e Mudanças Climáticas. Maior empresa de aprendizagem do mundo, a Pearson divulgou os resultados da Global Learner Survey 2021 – Parte 1, pesquisa que ouviu milhares de pessoas em diversos países para identificar suas percepções e expectativas sobre a educação. No Brasil, 67% dos estudantes universitários consultados afirmaram que enxergam mais valor em sua educação hoje do que jamais antes. Eles também disseram ter desenvolvido tanto habilidades técnicas (como competências tecnológicas e digitais) quanto comportamentais (como adaptação, flexibilidade e automotivação) durante a pandemia.
LITIO LA NUEVA FIEBRE DEL ORO EN LOS ANDES
En la cima de los Andes se ha desatado una fiebre del oro: la fiebre de "oro blanco", el litio. Es la materia prima del futuro, importante para la transición energética y la electromovilidad. En Bolivia, está disponible en abundancia. El salar de Uyuni, a 3.600 metros de altitud, contiene las mayores reservas de litio del planeta. El tesoro que alberga este lago salado es también motivo de una verdadera disputa económica. Alemania apuesta por la electromovilidad y para ello necesita toneladas de litio. Pero no es el único país que busca el oro de los Andes. El autor Matthias Ebert visita los bandos opuestos en la carrera por el recurso del futuro y rastrea los antecedentes del conflicto económico por este metal. También cuestiona qué efectos tiene el boom del litio para los habitantes y el delicado ecosistema de la región de los Andes.

LANZAMIENTO INTERNACIONAL CONVOCATORIA TECNOLOGÍA EXTRACCIÓN DIRECTA DE LITIO (EDL)?
HIDRÓGENO VERDE PUNTO DE INFLEXIÓN PARA AMÉRICA LATINA?
La región podría convertirse en un importante productor de esta versátil y limpia fuente de energía gracias a su abundancia de recursos renovables. Con una inversión prevista de 9.000 millones de euros, Alemania apuesta fuertemente por ella y necesita socios comerciales.

¿Por qué CHILE será el LÍDER MUNDIAL de HIDRÓGENO VERDE?
MUDANÇAS CLIMÁTICAS GERAM RISCOS E IMPACTAM O SETOR DE ENERGIA
Uma pesquisa realizada pela KPMG identificou os 20 principais riscos provocados pelas mudanças climáticas no setor de energia. O relatório denominado “Uma avaliação ampliada dos riscos que afetam o sistema de energia” (do inglês An enhanced assessment of risks impacting the energy system) apontou que as principais ameaças são os impactos adversos com imprevistos de fontes de energia de baixo teor de carbono, a mudança de comportamento do cliente, a acessibilidade econômica e o fornecimento de energia.
MUDANÇAS CLIMÁTICAS 2022 Impactos Adaptação e Vulnerabilidades
O 6º relatório do IPPC divulgado hoje é um atlas do sofrimento humano e uma acusação condenatória de liderança climática fracassada. O documento IPPC descreve as consequências da crise no clima na saúde, segurança alimentar, escassez de água, deslocamentos populacionais e destruição de ecossistemas. A mudança climática é um brutal agravador de desigualdades e um perpetuador de pobreza. Os fatos são inegáveis. A abdicação de liderança é criminosa. Antonio Gutierres, ONU
A revolução do ESG em 2022
O ano começa e sempre temos as várias previsões de todos os tipos na área econômica, política, social, empresarial, enfim, em todas as especialidades temos muitos palpites, mas também alguns argumentos mais sólidos. O movimento do ESG e da sustentabilidade empresarial não tem mais volta, sendo ela uma revolução ou não. Nestes últimos três anos, as temáticas avançaram muito rapidamente se compararmos historicamente desde o começo da sua implementação. E aí tudo vira uma questão de referencial temporal para esta definição de revolução. Mas, para este ano que inicia, precisamos evoluir para mais educação para a sustentabilidade em todas as empresas, consolidação dos indicadores e métricas de ESG, preparação de mais profissionais pelo desenvolvimento sustentável e divulgação sempre, até que todos saibam a importância deste tema. M. Nakagawa
DIÁLOGOS COM ZYGMUNDT BAUMAN
Zygmunt Bauman, filósofo polonês, reflete sobre a individualização da sociedade contemporânea em entrevista exclusiva concedida a Fernando Schüler e Mário Mazzilli na Inglaterra. Democracia, laços sociais, comunidade, rede, pós-modernidade, dentre outros tópicos analisados por uma das grandes mentes da contemporaneidade. Conferencista do Fronteiras do Pensamento 2011. Nesta entrevista histórica concedida ao curador do Fronteiras do Pensamento, Fernando Schüler, e ao Diretor Superintendente no Instituto CPFL, Mário Mazzilli, Zygmunt Bauman reflete sobre a individualização da sociedade contemporânea. Democracia, laços, comunidade, rede, pós-modernidade, dentre outros tópicos sociais que dizem muito sobre nosso cotidiano atual.
THE PATH TO SUSTAINABLE INCLUSIVE GROWTH LIES IN BUILDING RESILIENCE NOW
The foundations of future growth are often laid as societies respond to the weaknesses crises expose. History shows that in times of disruption, resilience depends on adaptability and decisiveness. But how can leaders meet this resilience challenge to achieve sustainable and inclusive growth? Getting there will depend on effectively and holistically addressing the conditions of our economies and societies and, crucially, their interrelationships—climate, healthcare, labor needs, supply chains, digitization, finance, and inequality and economic development Three considerations suggest the path forward: Public- and private-sector leaders need to take a broad view of the resilience agenda, Strategies and structures have to be designed for flexibility and speed, Beyond building resilience in business and the economy, public and private leaders must also build societal resilience. Klaus Schwab, Bob Sternfels.

https://www.mckinsey.com/business-functions/strategy-and-corporate-finance/our-insights/bubbles-pop-downturns-stop
POR UM TRATADO GLOBAL CONTRA O LIXO PLÁSTICO
Negociadores de 193 países vão se reunir em Nairóbi, no Quênia, para tentar conter a inundação dos oceanos por produtos químicos nocivos. Também pretendem ampliar as notificações dos descartes e a atividade de reciclagem, que alcança menos de 10% dos materiais. A cada ano, o consumo cego e o gerenciamento insuficiente de resíduos resultam no despejo de cerca de 11 milhões de toneladas de plástico nos oceanos – valor equivalente a um grande navio de carga por dia, todos os dias do ano. Esforços internacionais para reduzir o lixo marinho e a exposição natural a produtos químicos nocivos incluem, hoje, apenas algumas medidas específicas. Para enfrentar esse problema, já antigo, negociadores de 193 países irão se reunir em Nairóbi, no Quênia, na próxima semana, e criar um comitê de negociação para elaborar o primeiro documento global destinado a lidar com a situação.
AS NOVAS PROFISSÕES PARA TRABALHAR NO METAVERSO
Que o metaverso começa a dar os primeiros passos no mundo dos negócios não é segredo, mas você já parou para pensar que a inovação pode trazer novos cargos? Isso significa que se você está pensando em fazer uma transição de carreira, comece a ficar de olho nas profissões que podem surgir com o avanço do metaverso. Levantamento feito pela PageGroup, consultoria britânica de recrutamento, mostra os cargos que devem surgir com o avanço do metaverso.
Ano do 5G tecnologia irá representar investimentos e avanços para diversas áreas
Especialistas apontam como a alta conectividade irá trazer melhorias para saúde, serviços financeiros e outros segmentos. Depois de um leilão de radiofrequências que movimentou R$ 47,2 bilhões em 2021, chegou o ano em que o 5G finalmente ganhará fôlego no Brasil. Com a implementação em todas as capitais até julho, o país já deve sentir os impactos da quinta geração de internet. Um levantamento da Ericsson estima R$ 153 bilhões em receitas decorrentes de digitalização influenciada diretamente pelo 5G. Já a consultoria IDC calculou o montante gerado por tecnologias impulsionadas pela alta conectividade, como internet das coisas (IoT), big data, robótica, inteligência artificial e realidade aumentada, que devem somar US$ 25,5 bilhões até 2025.
ALIMENTAÇÃO EM JOGO O lobby na regulação da publicidade no Brasil
Partindo da pesquisa feita por Marcello Baird sobre as estratégias de lobby e o cenário regulatório recente entenda como ocorreu o lobby no processo decisório iniciado pela Anvisa para regular a publicidade de alimentos não saudáveis no Brasil.

Lançamento do livro "Alimentação em Jogo: o lobby na regulação da publicidade no Brasil"
NOVIDADES DO CENSO ESCOLAR 2021
A maior novidade do Censo escolar de 2021 é trágica: as escolas brasileiras bateram o recorde mundial de dias sem aulas nas escolas. O futuro nos dirá o preço dessa opção que o Brasil fez de manter as escolas fechadas. Resta esperar que as escolas reabram e se mantenham abertas normalmente em 2022. J. B. Oliveira
UBERIZAÇÃO TRABALHO DIGITAL E INDÚSTRIA 4.0
Organizada por Ricardo Antunes, professor da Unicamp e sociólogo do trabalho, a obra é uma coletânea de artigos que desbrava os temas do trabalho digital, da uberização e plataformização do trabalho e do fenômeno da Indústria 4.0 e suas consequências para o universo laborativo e para a vida dos trabalhadores e trabalhadoras. O livro traz dezenove artigos de importantes pesquisadores e pesquisadoras, brasileiros e estrangeiros, que investigam, em diferentes setores, os impactos sociais decorrentes da expansão do universo maquínico-informacional-digital. A uberização, conceito abordado, definido e expandido na obra, é um processo de individualização e invisibilização das relações de trabalho, que assumem a aparência de “prestação de serviços”, obliterando relações de assalariamento e de exploração. O livro investiga como a introdução das tecnologias de informação e comunicação (TIC) no mundo produtivo funciona para aumentar o cenário de precarização do trabalho – prescindindo de salários e reduzindo pagamentos, ampliando o controle sobre e a competição entre os trabalhadores – por meio de análises de diferentes setores produtivos impactados pelo trabalho digital e pela Indústria 4.0, como o trabalho de entregadores de aplicativos, a indústria automobilística, o setor bancário e os setores de telemarketing e call-center. Os artigos também enfatizam a importância dos movimentos de resistência à precarização, dos quais o “Breque dos Apps”, a paralisação nacional dos entregadores de aplicativos ocorrida em 1º de julho de 2020, é o mais recente exemplo.
BOLSONARO CONCLUI VENDA DA SEGUNDA MAIOR REFINARIA DO BRASIL AO GOVERNO DOS EMIRADOS ÁRABES
Hoje a Petrobrás anunciou a conclusão da venda da Rlam, sigla pela qual é conhecida a Refinaria Landulpho Alves, no interior da Bahia.Com capacidade instalada de produzir cerca de 323 mil barris por dia (14% da capacidade total do país), é a segunda maior refinaria do país, atrás apenas da refinaria de Paulínia (Replan), que tem capacidade para produzir 425 mil barris por dia. Segundo a Federação Única dos Petrobleiros (FUP), o preço de venda, US$ 1,8 bilhão, corresponde a menos da metade dos US$ 3 a 4 bilhões que a refinaria efetivamente vale. Entretanto, o mais triste é que a operação vai na contramão da necessidade de oferecer combustíveis a preços mais estáveis e mais acessíveis a consumidores e empresas, ampliando a exposição da economia brasileira à volatilidade insana das cotações internacionais do petróleo. M. do Rosario
A CONSCIÊNCIA PODE SER EXPLICADA PELA FÍSICA QUÂNTICA
Nossos cérebros são compostos de células chamadas neurônios, e acredita-se que sua atividade combinada gere consciência. Cada neurônio contém microtúbulos, que transportam substâncias para diferentes partes da célula. A teoria da consciência quântica de Penrose-Hameroff argumenta que os microtúbulos são estruturados em um padrão fractal que permitiria a ocorrência de processos quânticos. J. Batista
SEGURANÇA ALIMENTAR NA PRIMEIRA INFÂNCIA
Levantamento feito pelo Instituto de Estudos Latino-Americanos da Freie Universität Berlin aponta que a insegurança alimentar atinge cerca de 60% dos domicílios brasileiros. Pesquisas feitas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vão além e mostram que a pandemia de Covid-19 colocou o Brasil de volta ao mapa da fome no mundo. Cerca de 19 milhões de pessoas passam fome e 119 milhões estão em situação de insegurança alimentar. A desnutrição e a fome são especialmente danosas para os pequenos. Crianças em situação de insegurança alimentar têm seu desenvolvimento e suas perspectivas de futuro prejudicadas. FIESP
LAS EMPRESAS LUCHAN CON LOS RETOS DEL TRABAJO REMOTO Y EL RETORNO A LAS OFICINAS
La vida laboral de muchos se encuentra en un punto intermedio, y lo que está en juego va mucho más allá del orden en las reuniones. Se trata de saber si la flexibilidad es sostenible, incluso con todos los beneficios que tiene. E. Goldberg, NYT
BOLSONARO DERRUBA ATÉ 1 BILHÃO DE ÁRVORES NA AMAZÔNIA EM 12 MESES
Bolsonaro derruba até 1 bilhão de árvores na Amazônia em 12 meses. Corte raso de 13.235 quilômetros quadrados derrubou 2,8 milhões de toras por dia, 32 a cada segundo. Marcelo Leite, Folha de S. Paulo
O fracasso da COP26
Por detrás do capitalismo está um tipo de racionalidade que ganhou feições monopolísticas e, por vezes, tirânicas, pois, se impôs a todas as demais formas como a única válida. Temos a ver com a razão instrumental-analítica e burocrática sem sensibilidade e cordialidade. Urge enriquecer a razão instrumental-analítica, necessária face à complexidade de nossas sociedades, com a razão cordial e a inteligência intelectual. Teríamos então a base de um novo paradigma de convivência, melhor, de convivialidade entre todos, da técnica com a poesia, da produção com a amorosidade, do ser humano com sua Casa Comum, a natureza incluída. L. Boff
CAMINHAMOS PARA UM NOVO COLONIALISMO
Podemos escapar desse futuro? Durante a maior parte da história, tivemos esse tipo de relação entre a metrópoles e suas províncias. Estas forneciam matérias-primas como algodão, cobre e borracha que as potências transformavam em tecidos, eletrônicos e carros, e os vendiam para a periferia. Agora, a matéria-prima são os dados. São necessários enormes quantidades de dados para treinar a inteligência artificial. E esses dados fluem para o centro do império, que os transformam em aplicativos e produtos tecnológicos que depois vendem para o resto do mundo, fechando o círculo. Y. N. Hararai
THOMAS PIKETTY UMA BREVE HISTÓRIA DA IGUALDADE
Segundo o economista francês, "a atenuação dos efeitos do aquecimento climático e o financiamento de medidas de intervenção para os países mais atingidos invocam uma transformação global do sistema econômico e da distribuição das riquezas, um processo que passa pelo desenvolvimento de novas coalizões políticas e sociais em escala mundial. A ideia de que só pode haver vencedores é uma perigosa e anestesiante ilusão da qual devemos nos livrar o mais rápido possível. IHU
AS 14 TECNOLOGIAS QUE IRÃO TRANSFORMAR O MUNDO
Metaverso, mineração verde, interfaces de cérebro-computador e até imortalidade fazem parte da lista. Nos últimos 30 anos, apenas 1,5% das empresas geraram todo o patrimônio líquido de US$ 56,2 trilhões do mercado de ações global, de acordo com um novo relatório do Bank of America. Segundo a análise da instituição, o setor financeiro tem sido impulsionado predominantemente pelos retornos "de uma parcela muito pequena de empresas disruptivas”. “Compreender as tecnologias que podem chegar muito mais cedo do que o esperado e distinguir quais se tornarão disruptivas é a chave para o setor financeiro". Haim Israel
CITIZENS IN ADVANCED ECONOMIES WANT SIGNIFICANT CHANGES TO THEIR POLITICAL SYSTEMS
As citizens around the world continue to grapple with the pandemic and the changes it has brought to their everyday lives, many also express a desire for political change. Across 17 advanced economies surveyed this spring, a median of 56% believe their political system needs major changes or needs to be completely reformed. But sizable shares in some publics have little or no confidence that their system can be changed effectively. R. Wike et al., Pew
INSEGURANÇA ALIMENTAR
Em 2021 somos, oficialmente, uma nação onde 117 milhões de pessoas vivem em estado de insegurança alimentar. Aproximadamente, metade da população brasileira. Os índices de pobreza e miséria estão em alta. Antes da pandemia, havia 57 milhões de pessoas vivendo em insegurança alimentar no país; agora são cerca de 117 milhões de pessoas, sendo que 19 milhões passam fome, o que revela a urgência da mobilizaço. Segundo o O relatório Índice de Desperdício de Alimentos 2021, divulgado pela ONU, o Brasil, entre os países da América Latina, só perde em volume de desperdício de alimentos para a Colômbia e o México, que têm a população muito menor. UNEP
Índice de Desperdício de Alimentos 2021
PANDEMIA DE BURNOUT: COMO FICA A VOLTA AOS ESCRITÓRIOS?
Sim, sim, a gente sabe que Burnout não é um tema novo no mundo do trabalho. Mas a explosão de casos da síndrome de esgotamento profissional desde o início da pandemia deu nova relevância ao assunto; e especialistas alertam que é preciso tomar medidas urgentes para prevenir o transtorno. C. Weber

https://qz.com/work/1629015/burnout-is-a-medical-condition-says-the-world-health-organization/
The 'Great Resignation' Is Finally Getting Companies to Take Burnout Seriously
https://time.com/6106656/workplace-burnout-pandemic/?jwsource=em
PESQUISA APONTA CAMINHOS PARA REDUZIR O DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS NO BRASIL
O Brasil é o quarto maior produtor mundial de alimentos e tem sido também um campeão no desperdício. Milhões de toneladas de frutas, legumes e verduras são jogados fora todos os anos. Do total de alimentos desperdiçados diariamente no país, 40% das perdas ocorrem na distribuição após o processamento, sendo que o varejo é responsável por 12% desse total. Segundo a Associação Brasileira de Supermercados, os principais motivos do desperdício para produtos perecíveis são validade vencida (36,9%), impropriedade para venda (30%), avaria dos produtos (18,2%) e danos em equipamentos (4,8%), seguidos de furto externo (19,8%) e erros de inventário (13,5%). É uma questão cultural. Crescemos acreditando que precisamos ter a mesa farta e abundante e isso muitas vezes gera sobra e desperdícios. E preferimos, de modo geral, comprar alimentos perfeitos, sem defeitos. Essa tendência aumenta o desperdício. Até 15% das frutas, legumes e verduras produzidos são desperdiçados no varejo. C. Moraes, FAPESP
INOVAÇÃO É ESSENCIAL PARA ENFRENTAR OS DESAFIOS DA ÁGUA
Metrópoles como Paris e Londres desenvolveram ecossistemas de negócios complexos e são exemplos a serem seguidos por São Paulo. Há diversas oportunidades de acesso a recursos para projetos que visam solucionar as questões do saneamento. L. Tavares, AS. Covatariu
É POSSÍVEL EVITAR O RACIONAMENTO DE ENERGIA
O nível dos reservatórios das hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste continua em queda e estão abaixo dos níveis desde o racionamento de 2001. Na pior crise hídrica em mais de 90 anos, cresce a possibilidade de haver um novo corte compulsório de energia. Esse, contudo, não é ainda o cenário mais provável, consultor afirma que as medidas emergenciais devem evitar o corte compulsório de eletricidade, mas o sistema ficará sujeito à ocorrência de apagões nos horários de pico. País deve acelerar diversificação da matriz para ficar menos vulnerável a questões climáticas. L. A. Barroso

http://www.ons.org.br/paginas/energia-agora/reservatorios
https://www.youtube.com/watch?v=Rq4t1cToEao
BRASIL TRIPLAMENTE REFÉM
O círculo vicioso se perpetua de eleição para eleição. A vitória do político abre novas portas para empreendimentos econômicos, ao passo que a força econômica garante maior poder de fogo no próximo processo eleitoral. As pontas se juntam, se fundem e se estreitam, sendo que esse jogo perverso consolida, ao mesmo tempo, a concentração de renda e a exclusão social. Alfredo J. Gonçalves
EMPREGO EM PORTUGAL VOLTA AO NÍVEL PRÉ PANDEMIA MAS HÁ MILHARES DE VAGAS A PREENCHER
A retomada do emprego em Portugal é consistente. Mas ainda há milhares de vagas para recuperar ou preencher, um efeito direto do problema demográfico e da redução de turistas e da mão de obra no país. A falta de mão de obra para o setor virou um drama na retomada. Eram, em grande parte, postos ocupados por imigrantes, que deixaram o país ao perderem o emprego ou não podem entrar devido às fronteiras fechadas para países com grande incidência de Covid-19, como o Brasil. Gian Amato

https://blogs.oglobo.globo.com/portugal-giro/post/marcelolivros.html
THE CLIMATE ISSUE
Water is inextricably linked to climate change, but the connections are complex and made even more so by human use of the stuff and by (often poor) management. Earth is not running out of water but it is being redistributed as the atmosphere and oceans heat up, and as humans pump it, pipe it and channel it out of its natural patterns. C. Brahic, The Economist

Americans are moving to a region plagued by a 22-year drought
NAVIGATING THE NEW GLOBAL ORDER
A shift within international politics is under way as the rivalry between the United States and China intensifies. Alongside this contest, the state of the climate, migration levels and ageing populations are all of concern to world leaders. The Economist
TECHvsHUMAN
Technology vs. Humanity is a last-minute wake up call to take part in the most important conversation humanity may ever have. Will we blindly outsource and abdicate big chunks of our lives to the global technology companies – or will we take back our autonomy and demand a sustainable balance between technology and humanity. Now is the time to join the dots between big data and digital ethics, to start discussing the moral framework required to steer the evolution of digital life – and to finally articulate the difference between our unique humanity and the rapidly evolving robotic versions. In 1949 George Orwell released Nineteen Eighty-Four – offering us a stark warning of a world dominated by technology and those who own and control it. Nearly seventy years after its publication, Gerd Leonhard investigates how we preserve our humanity in a world that is rapidly beginning to resemble that science fiction.

https://www.techvshuman.com/wp-content/uploads/2016/07/Technology-vs.-Humanity-Ch-1-Prologue-to-the-Future-Gerd-Leonhard-Preview-.pdf
https://www.youtube.com/watch?v=4uo1FlcQENk
We need to talk about AI - a film by Futurist Gerd Leonhard: thoughts on artificial intelligence
TENDÊNCIAS E TECNOLOGIAS QUE VÃO CRESCER AINDA MAIS EM 2021
As empresas entram no 2° semestre olhando para o que pode ajudar seus resultados no curto e no longo prazo. Os investidores estão mostrando apetite por soluções inovadoras. Mais unicórnios foram criados no segundo trimestre deste ano do que em todo ano de 2020. Essas apostas apontam para as tendências que devem crescer ainda mais a partir do segundo semestre. A ZongMu Technologies, avaliada em US$ 11,4 bilhões, desenvolve veículos autônomos. A Caris Life Sciences, com valuation de US$ 7,83 bilhões, trabalha com ciência molecular e Inteligência Artificial (IA) para o tratamento de câncer. Literalmente, este é o caso de siga o dinheiro. Soraia Yoshida
Como los Nuevos Modelos de Predicción y los datos oportunos llevan a Mejores Decisiones sobre las Politicas Públicas atraves del NOWCASTING
En los últimos años, los avances en la estandarización y el tratamiento estadístico de las variables usualmente utilizadas en macroeconomía, han permitido medir con mayor precisión la información sobre la actividad económica de corto y largo plazo, a través de instrumentos como el PIB, la inflación y la tasa de desempleo. Pero la aplicación de técnicas metodológicas complejas para conseguir datos precisos también ha retrasado los tiempos en los que estos se publican; dificultando la tarea de formuladores de políticas públicas, que no solo deben tomar decisiones informadas, sino también oportunas. Un desarrollo conexo ha sido el surgimiento de modelos llamados Nowcasting, que utilizan datos de alta frecuencia para predecir el comportamiento de las variables en un futuro muy cercano. Las metodologías de Nowcasting, cada vez más sofisticadas, integran big data y algoritmos de aprendizaje de máquinas a fin de maximizar la precisión y facilitar la selección de variables. S. Novoa, V. Nuguer IADB

https://econpapers.repec.org/article/eeemoneco/v_3a55_3ay_3a2008_3ai_3a4_3ap_3a665-676.htm
https://openknowledge.worldbank.org/handle/10986/33794
Urban Systems apresenta diagnóstico estratégico para Cascavel PR 2050
A maioria das cidades brasileiras enfrenta diversos problemas decorrentes da falta de planejamento estratégico que contemple ações de curto, médio e longo prazo que direcionem o desenvolvimento ordenado, sustentável e inteligente, desconsiderando o ciclo político de 4 anos. No entanto, muitas cidades estão buscando estudos que apresentem indicadores para balizar as ações dos setores público e privado na busca por uma cidade mais inteligente, sustentável e conectada, que traga melhor qualidade de vida para a população. É o caso de Cascavel (PR) que recebeu, dia 23 de julho, o diretor de Planejamento Urbano da Urban Systems, André Cruz, para a apresentação do diagnóstico estratégico de Cascavel para o ano de 2050. CODESC, URBAN SYSTEMS

https://d335luupugsy2.cloudfront.net/cms/files/48668/1542650418Folder_CSC_Urban_Desmembrado_Web.pdf
https://cascaveldofuturo.com.br/
https://blog.urbansystems.com.br/urban-systems-apresenta-diagnostico-estrategico-para-cascavel-pr-2050/?utm_campaign=blog_t168_redacao_-_duplicado&utm_medium=email&utm_source=RD+Station
Urban Systems apresenta diagnóstico estratégico para Cascavel PR 2050
A maioria das cidades brasileiras enfrenta diversos problemas decorrentes da falta de planejamento estratégico que contemple ações de curto, médio e longo prazo que direcionem o desenvolvimento ordenado, sustentável e inteligente, desconsiderando o ciclo político de 4 anos. No entanto, muitas cidades estão buscando estudos que apresentem indicadores para balizar as ações dos setores público e privado na busca por uma cidade mais inteligente, sustentável e conectada, que traga melhor qualidade de vida para a população. É o caso de Cascavel (PR) que recebeu, dia 23 de julho, o diretor de Planejamento Urbano da Urban Systems, André Cruz, para a apresentação do diagnóstico estratégico de Cascavel para o ano de 2050. CODESC, URBAN SYSTEMS

https://d335luupugsy2.cloudfront.net/cms/files/48668/1542650418Folder_CSC_Urban_Desmembrado_Web.pdf
https://cascaveldofuturo.com.br/
https://blog.urbansystems.com.br/urban-systems-apresenta-diagnostico-estrategico-para-cascavel-pr-2050/?utm_campaign=blog_t168_redacao_-_duplicado&utm_medium=email&utm_source=RD+Station
The Planet is Inflamed, and so are We
As smoke from western megafires forces much of the country to remain indoors this summer, the relationship between environmental degradation, climate change and human health is increasingly clear and present. As a community of leadership Bioneers has shown that the solutions are largely present, or we know what directions to head in. We act as a seed head for the game-changing social and scientific vision, knowledge and practices advancing this great transformation. Recall David Suzuki’s memorable message from the Bioneers stage, “We are the environment, there is no distinction. What we are doing to our surroundings, we are doing directly to ourselves… You can’t draw a line and say the air ends here and I begin there. There is no line.” BIONEERS

https://bioneers.org/conversation-with-oglala-lakota-elder-basil-brave-heart-part-1-zmbz2108/
https://bioneers.org/conversation-with-oglala-lak%c8%9fota-elder-basil-brave-heart-part-2-zmbz2108/
https://bioneers.org/programs/
PANDEMIA POSNORMAL las múltiples voces del conocimiento
¿Es deseable retornar a la normalidad pre-COVID? Nuestra respuesta es que, aun si se pudiese retornar a la aparente normalidad pre-COVID, no debemos hacerlo. Es importante no olvidar los debates sobre los grandes desafíos preexistentes a la pandemia y que no han desaparecido: las perturbaciones serias a los ecosistemas y al clima, la falta de progreso hacia la sostenibilidad, las crecientes y escandalosas desigualdades políticas y socioeconómicas, las tentaciones políticas autoritarias y la debilidad de las instituciones democráticas. El virus no ha eliminado los desafíos de nuestra época, por el contrario, los ha agravado. Tales retos ilustran un sistema ya en crisis mucho antes de la COVID-19. Después de mucho tiempo, y en realidad solo recientemente, se ha extendido entre amplios sectores sociales el cuestionamiento al triunfalismo de la narración del progreso de la ciencia y el crecimiento económico y social. S. Funtowicz, C. Hidalgo

https://www.fuhem.es/papeles_articulo/pandemia-posnormal-las-multiples-voces-del-conocimiento/
VISÃO 2050 A nova agenda para as empresas
O Vision 2050 do Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD), oferece aos líderes do presente e do futuro próximo um panorama mais provável de como estará a população humana e o planeta em que ela viverá nas próximas quatro décadas. Os especialistas preveem que ocorrerá crescimento econômico mais acentuado nas economias emergentes e em desenvolvimento. Muitas pessoas ascenderão na pirâmide socioeconômica rumo a um padrão de vida de classe média, consumindo mais recursos per capita. M. Grossi, CEBDS
TENDENCIAS DE LONGO PRAZO CEARA 2050
Hoje, deparamo-nos com três forças primárias - tecnologia, globalização e demografia, que estão evoluindo em uma sucessão de ondas, incluindo inteligência artificial, robótica, urbanização global, envelhecimento de populações, forças de trabalho milenares e muito mais. À medida que essas novas ondas de tecnologia, globalização e demografia interagem, elas geram uma série de megatendências. A Plataforma Estratégica de Desenvolvimento de Longo Prazo – Ceará 2050 tem o objetivo de traçar estratégias para acelerar o crescimento econômico estadual nas próximas três décadas e atender, de forma mais eficiente, às expectativas da sociedade pela oferta de serviços essenciais – saúde, educação, abastecimento de água, segurança pública e geração de emprego e renda. Pensar o futuro do Ceará em curto, médio e longo prazo. EY
MACROTENDÊNCIAS MUNDIAIS
Quais são as grandes tendências que direcionam os desafios e oportunidades da humanidade? Um estudo realizado pela FIESP/CIESP aponta essas macrotendências, representadas na imagem aqui. Percebam, que a evolução tecnológica está presente em todas elas: Envelhecimento da população, Aumento da demanda por energia, Mudança no padrão de produção, Infraestrutura moderna e competitiva, Intensificação da demanda por alimentos, Expansão de entretenimento e turismo, Urbanização, Aumento de tensões geopolíticas. Marta Gabriel
MEGATENDÊNCIAS MUNDIAIS 2030: contribuições para o exercício da prospectiva no Brasil
O futuro sempre despertou e continuará despertando inquietação; e esta pesquisa tem por objetivo apresentar proposta de método para auxiliar no levantamento de Sementes de Futuro em estudos já realizados e mostrar os resultados da utilização do método proposto, identificando as Sementes de Futuro que deverão moldar o contexto mundial até 2030, nas áreas de população e sociedade, geopolítica, ciência e tecnologia, economia e meio ambiente. Como resultado, foi construído e testado esse método, formado por cinco etapas, e, por meio de sua aplicação, foram identificadas 26 megatendências mundiais até 2030. Esses resultados mostraram a validade do método proposto. Elaine C. Marcial, IPEA 2015.
COMO ESTARÁ O MUNDO EM 2030? Quais serão as macrotendências?
Globalization, International Business, Brazilian Studies, International Political Economy. Uma análise tipicamente tecnocrática sobre as grandes tendências nesta década, indicando as áreas nas quais o Brasil deveria melhorar. Paulo Roberto de Almeida, Ministro de Relações Exteriores 2020

https://www.institutodeengenharia.org.br/site/2020/11/25/o-mundo-em-2030-quais-serao-as-macrotendencias-mundiais/
WHAT WILL THE ENVIRONMENT LOOK LIKE WHERE YOU LIVE IN 20 YEARS?
The world will be a very different place by 2050, as environmental problems become an existential threat to civilization as we know it. The world will be a very different place by 2050, as environmental problems become an existential threat to civilization as we know it. Our previous installments examined what life will look like from different vantage points - warfare, economics, education, everyday living, space exploration (in two installments), transportation, and medicine. Today, we conclude things by taking a look at the impact climate change will have by mid-century. As noted a few times in this series, climate change is (and will continue to be) one of the main drivers of change in this century (the other being the accelerating pace of technological change). And when it comes to changes in our climate, the resulting impact will be significant, far-reaching, and will come in many forms.
TECHXCHANGE
Technology has always progressed with humanity. At its best, it aids our progress, regardless of age, gender or background, working silently to improve lives. But, while many rush to embrace it, some remain skeptical. We discuss the role, function and form of technology and its future evolution. How will technology be integrated into our lives? Is tech really value neutral and can it be a force for good? Can technology change who and what we are? For an open discussion on the future of technology, get together at TECHXCHANGE. HUAWEI
ONU promove debates sobre mudanças climáticas no Brasil
A Organização das Nações Unidas (ONU) lançou hoje (22) a campanha “Nós >> o movimento”, com o objetivo de “aumentar o diálogo e as ações em torno das mudanças climáticas no Brasil”, por meio da promoção de debates sobre o tema até a realização da 26ª sessão da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, a COP26, a ocorrer de 1° a 12 de novembro, em Glasgow, Escócia. P. Peduzzi
NO SAFE PLACE
The ground under the German town of Erftstadt is torn apart like tissue paper by flood waters; Lytton in British Columbia is burned from the map just a day after setting a freakishly high temperature record; cars float like dead fish through the streets-turned-canals in the Chinese city of Zhengzhou. All the world feels at risk, and most of it is. Six years ago, in Paris, the countries of the world committed themselves to avoiding the worst of climate change by eliminating net greenhouse-gas emissions quickly enough to hold the temperature rise below 2°C. Their progress towards that end remains woefully inadequate. But even if their efforts increased dramatically enough to meet the 2°C goal, it would not stop forests from burning today; prairies would still dry out tomorrow, rivers break their banks and mountain glaciers disappear. And even if everyone manages to honour their pledges, there is still a risk that temperatures could eventually rise by 3°C above pre-industrial levels. Our cover this week explores what that means for the climate and for climate policy. ECONOMIST
RETOS A LA HORA DE OPTIMIZAR LOS PROGRAMAS DE PROTECCIÓN SOCIAL Y REDUCIR LA VULNERABILIDAD EN AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE
Este artículo ofrece un análisis reflexivo sobre el diseño e implementación de los sistemas de protección social y los programas para combatir la pobreza en América Latina y el Caribe. Se centra particularmente en la expansión de los programas de transferencias condicionadas y de pensiones no contributivas aplicados en los últimos decenios. El objetivo de este estudio es extraer lecciones sobre estas políticas y fomentar el debate sobre los retos y las oportunidades que ofrece la Agenda 2030 para el Desarrollo Sostenible en cuanto a los sistemas de protección social. J. Bronfman, CEPAL
INTEGRACIÓN CONSTREÑIDA EN AMÉRICA LATINA: ANÁLISIS A PARTIR DE UNA VISIÓN CENTRO-PERIFERIA EN EL SIGLO XXI
Los avances en la integración regional son débiles en comparación con las intenciones políticas. En este artículo se plantea que, ante importantes transformaciones en el centro de la economía internacional, no se logró transformar la estructura productiva de América Latina para alcanzar una mayor diversificación. Lamentablemente, al reproducir (o reprimarizar) las estructuras productivas se profundizó la inserción externa extrarregional y la integración latinoamericana quedó en un segundo plano, constreñida. M. V. Chiliatt-Leite, CEPAL
O VÍRUS DA FOME SE MULTIPLICA
Um ano e meio depois do início da pandemia, o número de pessoas que morrem de fome no mundo está ultrapassando o das vítimas da covid-19. Conflitos armados, a pandemia e a crise climática aprofundaram a pobreza e a insegurança alimentar em diversos países. A fome poder ainda mais mortal do que a covid-19. Em 2021, mais de 20 milhões de pessoas foram empurradas a níveis extremos de insegurança alimentar, atingindo um total de 155 milhões de pessoas em 55 países. Desde o início da pandemia, em março de 2020, o número de pessoas que vivem em condições de fome estrutural aumentou cinco vezes, chegando a mais de 520 mil. No Brasil, o percentual da população que vive na extrema pobreza quase triplicou desde o início da pandemia, passando de 4,5% para 12,8%. No final de 2020, mais da metade da população – 116 milhões de pessoas – enfrentava algum nível de insegurança alimentar, das quais quase 20 milhões passavam fome. OXFAM
A ARTE DA POLÍTICA DEMOCRÁTICA E OS DESAFIOS DA GLOBALIZAÇÃO
Nesse webinar em parceria com o Club de Madrid, o ex-presidente Fernando Henrique encontrou grandes amigos que também foram líderes de nações sul-americanas. FHC, Iglesias, Lagos e Sanguinetti viveram o desafio de trabalhar pela consolidação da democracia em seus países e experimentaram, em seus mandatos, grandes transformações na economia e geopolítica regional e global. ). Os três ex-chefes de Estado participaram deste webinar que integra o ciclo “FHC 90 anos - Um Intelectual na Política”, parte dos eventos comemorativos dos 90 anos do ex-presidente FHC, completados em 18 de junho de 2021.

• Club de Madrid
• Fundação FHC
O mundo sob pandemia um diálogo entre Manuel Castells e FHC
Ambos têm tratado de apontar e construir caminhos para que as novas possibilidades de democratização do conhecimento, da riqueza e do poder se sobreponham às tendências no sentido da exclusão social, erosão da democracia e disseminação do irracionalismo. É contra esse pano de fundo que os dois velhos amigos se reúnem neste webinar para conversar sobre os efeitos que pandemia do Covid-19 poderá ter sobre as contraditórias tendências das sociedades-redes que nos afetam como indivíduos, membros de comunidades políticas nacionais e habitantes de um mesmo e só planeta.

• https://fundacaofhc.org.br/
THE TURN FROM REACTIONARY POPULISM TO A PROGRESSIVE ALTERNATIVE
In this three-part lecture series, Columbia University Professor Jeffrey Sachs and political philosopher Roberto Mangabeira Unger discuss the systemic and structural changes necessary to create a progressive future, with a focus on Brazil and the US. The Turn: From Reactionary Populism to a Progressive Alternative in the SDG Academy Library, represents an important discussion about the radical transformations our society needs to create the future we want.
NELSON MANDELA FOUNDED THE ELDERS ON HIS BIRTHDAY ON 18 JULY 2007
At the launch of The Elders in South Africa 2007, Nelson Mandela said: “I believe that in the end it is kindness and generous accommodation that are the catalysts for real change,” This spirit of hope and empathic leadership remains at the heart of our work on peace, justice and human rights across the world. To mark the anniversary, this week, was launched a series of events focused on the global state of hope.

• https://stateofhope.live/about-the-elders/
• https://stateofhope.live/
TIME TO RETHINK OUR TECHNOLOGY CHOICES, GREEN INVESTING GOES MAINSTREAM GLOBALLY
Today, the range of technologies needing deeper assessment include the impact on our democracies of social media monopolies; geoengineering to mechanically shield the sun’s rays; bioengineering, including CRISPR; preventive and wellness-based alternatives to medically-invasive surgeries and pharmaceutical approaches, regenerative agriculture to restore soils. All require overhauling GDP and all price-based macroeconomic statistics which still ignore all those “externalized” social and environmental costs. Hazel Henderson
ENGAGING ALL OF EUROPE IN SHAPING A DESIRABLE AND SUSTAINABLE FUTURE
More than 1,000 citizens met during the winter 2015-2016 at national vision workshops where they expressed their dreams for a sustainable and desirable future. Hereafter a variety of actors including citizens, stakeholders, experts and the project partners translated these visions into 23 suggestions for Horizon 2020 topics along with policy recommendations. The results were afterwards validated, enriched and prioritised by more than 3,400 people consulted online. CIMULACT
http://www.cimulact.eu/wp-content/uploads/2017/05/D6.3-Infopackage-2.pdf
WATER RESILIENCE IN A CHANGING URBAN CONTEXT
Africa's Challenge and Pathways for Action

But by taking a regional approach and investing in participatory processes, Durban has been able to identify, target and mitigate the root causes of its water woes for its three million residents. The city is one of many on the frontlines of the effects of climate change, but also in the right place to lead on climate action that centers resilience. This is one finding from WRI’s new report which highlights the ways in which African cities understand, plan, govern and finance their water systems need to change. WRI

https://www.wri.org/insights/water-resilience-lessons-durban-south-africa
39 empresas brasileiras estão entre as melhores do mundo em práticas ESG
A edição 2021 do ranking “Best For The World”, que reconhece empresas ao redor do mundo com boas práticas de ESG, acaba de divulgar seus resultados. Desenvolvida pela organização B Lab, a lista deste ano reúne 750 companhias “B” – que oferecem, além do retorno financeiro, impactos positivos para a sociedade e o meio ambiente. Desse total, 39 são brasileiras, entre elas a gigante de cosméticos Natura, que tem se destacado pelas iniciativas sustentáveis na Amazônia. O ranking leva em consideração cinco critérios: comunidade, clientes, meio ambiente, governança e trabalhadores. Forbes
INNOVATE4CITIES 14th Conference
There have been many developments in the urban sustainability agenda since Edmonton, in particular COVID-19 has transformed cities, widening existing inequalities, plunged new actors into financial hardship and exposed new vulnerabilities. When we rebuild cities in the aftermath of the coronavirus pandemic we must ensure that the green recovery is inclusive and provides co-benefits, such as improving health outcomes, promoting economic development, delivering jobs and addressing gender and racial inequities. In light of these developments, Justice & Equity, Health & Wellbeing and Digitalisation/Smart Cities have been added as cross-cutting themes for the conference and will be actively considered in the GRAA review process that will take place before, during and after the conference.
O QUE É A BOLHA DE CALOR RESPONSÁVEL PELOS 49°C NO CANADÁ
Ninguém pode se considerar mais seguro. Os eventos de calor extremo que estão acontecendo no Canadá são prova disso. Ninguém jamais imaginaria, naquelas regiões, que se pudesse chegar a quase 50 graus. Ninguém teria pensado que precisara fazer alguma coisa para evitar as centenas de mortes, os danos às linhas de transmissão de energia e às estradas, os incêndios que começam a se espalhar. Mariella Bussolati
INTELIGENCIA ARTIFICIAL LA OPORTUNIDAD ES AHORA
Las asistentes virtuales como Cortana, Alexa y Siri, se han convertido en el ejemplo por excelencia para hablar de la manera en que integramos tecnologías de inteligencia artificial (IA) en nuestra vida diaria. Sin embargo, los alcances de la IA son tan amplios que se prevé que, como ha sucedido con otros avances tecnológicos relevantes, la inteligencia artificial revolucione la economía global haciendo que por lo menos el 70% de las empresas en el mundo haga uso de estas tecnologías para el año 2030. Enrique Iglesias, BID

https://publications.iadb.org/publications/spanish/document/Inteligencia-artificial-Gran-oportunidad-del-siglo-XXI-Documento-de-reflexion-y-propuesta-de-actuacion.pdf
O QUE FAZER PARA ACELERAR A RETOMADA ECONÔMICA DOS MUNICÍPIOS?
Neste guia, indicamos algumas estratégias que preveem a priorização de medidas de sustentabilidade, mitigação e adaptação às mudanças climáticas, inovação e empreendedorismo nos municípios brasileiros.Apontamos também neste material recomendações e ações concretas que podem ser adotadas em outras 8 áreas estratégicas para um crescimento econômico sustentável e duradouro. Morgan Doyle, BID Brazil

VIVEMOS A GRANDE AVENTURA HUMANA
O reconhecido pensador francês Edgar Morin, NO SEU CENTENARIO, defendeu que na atualidade existem possibilidades maravilhosas para melhorar nossas vidas, porém é “essencial se dar conta de que não é preciso sonhar com outra sociedade, mas sim entender que vivemos a grande aventura humana, e que o caminho de cada um está dentro de um maior e incerto”; e existe também a possibilidade de que a crise da democracia esteja nos levando a países neoautoritários, sistemas tão complexos em que já não há apenas um partido, como na China, mas sim todas as possibilidades de vigiar com máquinas, câmeras, drones e telefones. A sociedade da vigilância e da submissão. Isso se pode considerar como neototalitarismo. UNESCO

http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/610811-edgar-morin-licoes-de-um-centenario
Célébration du centenaire d'Edgar Morin à l'UNESCO
PLÁSTICO NOS OCEANOS JÁ MUDOU NOSSO PLANETA PARA SEMPRE, diz novo estudo
De acordo com um novo estudo, publicado na última sexta-feira na revista científica Science, a quantidade de plástico nos oceanos atingiu o que os cientistas chamam de “ponto de não retorno”, em que seus efeitos não podem ser mais revertidos.Apesar da maior conscientização pública a respeito da poluição por plásticos, a pesquisa afirma que o investimento em processos de reciclagem não estão dando conta de reduzir a extensão do problema. Nossa última chance, segundo a equipe, é limitar a produção de plásticos e proibir a exportação de resíduos. Professor Matthew MacLeod

Plastic in our oceans may have already changed the planet...forever
https://www.ecycle.com.br/plastico-nos-oceanos/
https://science.sciencemag.org/content/373/6550/61.abstract
A EDUCAÇÃO BRASILEIRA EM PERSPECTIVA INTERNACIONAL
Nos comparar com outros países e propor soluções que olhem para o futuro: esses são os objetivos dos relatórios inéditos que serão lançados pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) com o apoio técnico do Todos Pela Educação e do Itaú Social. O relatório Educação no Brasil: uma Perspectiva Internacional, que contou com o apoio técnico do Todos, traz uma análise detalhada do desempenho do sistema educacional brasileiro em relação a países comparativamente relevantes, incluindo os da América Latina e os membros da OCDE, além de 10 recomendações para as políticas educacionais brasileiras.

https://www.youtube.com/watch?v=TqC2CdrImoM
A EDUCAÇÃO BRASILEIRA EM PERSPECTIVA INTERNACIONAL
Nos comparar com outros países e propor soluções que olhem para o futuro: esses são os objetivos dos relatórios inéditos que serão lançados pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) com o apoio técnico do Todos Pela Educação e do Itaú Social. O relatório Educação no Brasil: uma Perspectiva Internacional, que contou com o apoio técnico do Todos, traz uma análise detalhada do desempenho do sistema educacional brasileiro em relação a países comparativamente relevantes, incluindo os da América Latina e os membros da OCDE, além de 10 recomendações para as políticas educacionais brasileiras.
O BRASIL SE DISTANCIA CADA VEZ MAIS DA INFRAESTRUTURA SUSTENTÁVEL
A infraestrutura das sociedades contemporâneas será cada vez menos a ossatura e cada vez mais a inteligência do crescimento econômico. Não se trata de oferecer, de forma genérica, os bens públicos para que o setor privado possa expandir suas iniciativas, mas sim de moldar estas iniciativas em direção a finalidades que envolvem os dois maiores desafios contemporâneos: o avanço da crise climática e o aprofundamento das desigualdades. Que isso atinja a própria concepção do que significam e quais devem ser as infraestruturas que estão desenhando nosso destino representa imenso avanço democrático, do qual o Brasil está se distanciando. R. Abramovay

Cidadão Global 2021: Economia para uma sociedade mais próspera
THE NEXT PANDEMIC IS ALREADY HERE Covid can teach us how to fight it.
While covid-19 drew our attention to the threat of viruses, microbiologists have long worried that we have forgotten the threat of bacterial epidemics, and the growing danger that bacteria will become resistant to the drugs we rely upon. The response to covid-19 shows what can be accomplished when focus, determination, and vast amounts of money are all directed at one target. The pandemic reorganized the everyday practice of science, the pace of clinical trials, and the willingness of governments to provide funds for that work. With a similar effort applied to antibiotic resistance, we might reorganize trial design, create new surveillance networks to detect resistant pathogens as they emerge, and devise new ways to fund drug development. M. McKenna
A SYSTEMIC APPROACH TO RESILIENCE AND ECOLOGICAL SUSTAINABILITY DURING THE COVID19 PANDEMIC: Human, societal, and ecological health as a system-wide emergent property in the Anthropocene.
This paper aims to contribute to the transdisciplinary resilience dialogue on the health maintenance and life-supporting processes of the biosphere by focusing on the COVID-19 crisis. It explores various frameworks that are contributing to the transdisciplinary meta-perspective of resilience. Moreover, it proposes a humanistic approach based on not only controlling strategies involving containment and social isolation but also the ecological balance considering the human, societal, and ecological health as a system-wide emergent property. A. Zabanioutou, Global Transitions 2, 2020 pg. 116-126
EDGAR MORIN ALERTA SOBRE A CRISE PLANETÁRIA
Porque nós traçamos uma aventura extraordinária. Mas existe uma confusão armada na incapacidade de entender as coisas, porque nossa inteligência está cega, reduzida, não vê as qualidades da vida, que são o amor, a poesia e a compreensão. Vivemos em meio a uma crise gigante, multidimensional, que atinge todos os aspectos humanos, a vida biológica, social, afetiva, pessoal e as relações. No entanto, nesta incerteza sobre o futuro, assim como existem perigos, há possibilidades de mudança. Virginia Bautista.
APAGÃO À VISTA Pela primeira vez em mais de 100 anos devido a crise hidrológica em cinco estados
Pela primeira vez em mais de 100 anos, serviço nacional de meteorologia emite alerta de emergência para risco de crise hidrológica em cinco estados. Falta de medidas preventivas expõe o País ao risco de falta de energia ou racionamento. Não bastasse a pandemia que mata sem parar e a crise econômica que veio à reboque, o Brasil agora também corre o risco de ficar sem energia elétrica em algumas de suas regiões no meio do ano por causa da lentidão do governo em tomar medidas preventivas. Na semana passada, o comitê de monitoramento do setor elétrico divulgou um relatório inédito que aponta uma situação é crítica em cinco estados: São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul – todos abastecidos pela bacia do Rio Paraná, pólo de produção agropecuária e onde existem grandes usinas. Ricardo Chapola
A POBREZA TRIPLICOU NO BRASIL NA PANDEMIA
Na pandemia, a pobreza triplicou no Brasil. Mais de 125 milhões de brasileiros vivem hoje a insegurança alimentar, 19 milhões passaram fome em 2020. Será necessário que o Executivo e o Legislativo adotem medidas urgentes para um rápido entendimento. É sabido que, quando a política entra nos quartéis por uma porta, a disciplina sai por outra. Ela sai aos poucos. No século passado, o dispositivo palaciano juntava oficiais e sargentos. Hoje, como na Venezuela e no último golpe boliviano, somam-se comandantes e oficiais de polícias. Piorou a anarquia. Elio Gaspari
DE HARVARD À AMAZÔNIA DOCUMENTÁRIO EXPLORA O MUNDO PELA ÓTICA YANOMAMI
Precisamos de universidades indígenas, não para os indígenas estudarem a nossa biologia, mas para nós estudarmos a cosmovisão científica da biologia indígena”. Essa afirmação do cineasta Luiz Bolognesi resume com exatidão onde o seu novo filme, A Última Floresta (2021), quer chegar. Com uma fotografia exuberante, o filme retrata a vida e o dia a dia dos Yanomami e mergulha com profundidade nos mitos de criação, o sonho como a extensão da realidade e as difíceis relações que o contato com o homem branco impõe. Marcio Isensee e Sá.

http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/608540-a-ultima-floresta-e-um-olhar-de-urgencia-pela-protecao-dos-yanomami-diz-diretor
A Última Floresta - Trailer Oficial
RODA VIVA COM MARIO SERGIO CORTELLA LEANDRO KARNAL E LUIZ FELIPE PONDÉ ( autores do livro FELICIDADE: MODOS DE USAR ).
No Roda Viva (34 ANOS ), Daniela Lima recebe três dos maiores pensadores da atualidade: Mário Sergio Cortella, Leandro Karnal e Luiz Felipe Pondé,. O trio vai responde a perguntas como: felicidade existe? Quando acontece? É só um estado de espírito passageiro? O dinheiro traz ou não felicidade? Palestrantes de sucesso, com agendas lotadas e que reúnem um enorme público em seus encontros, eles também fazem parte da bancada de comentaristas do Jornal da Cultura. O Roda Viva é transmitido ao vivo com interpretação em Libras na TV Cultura, Facebook, Twitter, aplicativo Cultura Digital e neste canal.
O MUNDO PÓS PANDEMIA COM LUIZ FELIPE PONDÉ - AMIZADE E FAMÍLIA
O programa de entrevistas teve como convidado o filósofo e escritor Luiz Felipe Pondé, para analisar quais são mudanças nas relações sociais e familiares em meio à pandemia do novo coronavírus. Pondé foi entrevistado pelas jornalistas Mari Palma e Thais Herédia e pela comentarista Gabriela Prioli. O comando do programa foi de Daniela Lima e a exibição inédita ocorreu em 25 de abril de 2020 na CNN Brasil.
O MUNDO PÓS PANDEMIA COM MÁRIO SERGIO CORTELLA - TRAUMAS E SUPERAÇÃO
O programa de entrevistas tem como convidado o filósofo e doutor em Educação Mario Sergio Cortella, e vai discutir os efeitos positivos e negativos causados na humanidade após enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Cortella foi entrevistado pelas jornalistas Mari Palma e Thais Herédia e pela comentarista Gabriela Prioli. O comando do programa foi de Daniela Lima e a exibição inédita ocorreu em 02 de maio de 2020 na CNN Brasil.
DEL FUTURO INVIABLE A LOS FUTUROS POSIBLES EN LA TIERRA
No es la tecnología lo que hace posible la vida en el planeta, no es la tecnología la que hará posible el futuro y ningún futuro es viable si pretende construirse solo con tecnología. Es necesario recordar que somos seres completamente dependientes de ecosistemas complejos que generan y renuevan el aire, el agua y los alimentos que necesitamos para sobrevivir, y que nuestra vida es viable gracias a un dinámico balance entre las vidas de millones de otros seres. Mariana Matija, presidenta del Club de Fans del Planeta Tierr.a
ECOLOGIA COM ESPÍRITO DENTRO
Sobre Povos Indígenas, Xamanismo e Antropoceno

Frente às catástrofes produzidas pelo ocidente, os povos indígenas nos oferecem uma outra espécie de política cósmica que, paradoxalmente, não toma o ocidente – e seu pressuposto do excepcionalismo humano – como o centro de seu mundo, ainda que o tome seriamente. Essa política cósmica apresenta obrigações, modos de receber e negociar surpreendentes quando o assunto é lidar com conflitos, perdas, depredação ambiental e catástrofes. N. S. Pinto, UFES
CINQUENTA E CINCO MILHÕES DE PESSOAS EM FUGA
Nem mesmo a pandemia, de fato, deteve a onda humana impulsionada pelas guerras e pela fome. Provavelmente, aliás, a acelerou. Muita gente foge de conflitos, secas, desastres naturais, estes últimos cada vez mais parte da normalidade. São os deslocados internos, aqueles que vagueiam pressionados pelas necessidades de sobrevivência sem deixar sua região de origem. Pescadores, fazendeiros, camponeses. Secas e tufões, mas também territórios divididos entre o controle do Estado e o dos grupos armados, afetam as condições mínimas de subsistência. D. Wesselbaum

http://www.ihu.unisinos.br/609460-cinquenta-e-cinco-milhoes-de-pessoas-em-fuga
AMAZÔNIA DO ANTROPOCENO Tecnógenos impactos e riscos socioambientais
Os setores do agronegócio e o mineral exercem forte pressão pela apropriação e o uso da terra, e as atividades desenvolvidas por eles tendem a “acelerar a degradação social e ambiental. T. C. Esteves
LEITORES DO SÉC XXI: DESENVOLVER COMPETÊNCIAS DE LEITURA NUM MUNDO DIGITAL
O relatório temático Leitores do séc. XXI: desenvolver competências de leitura num mundo digital fornece as principais conclusões sobre como os alunos de 15 anos estão a desenvolver as competências de leitura que os ajudam a navegar pela informação num século 21 rico em tecnologia. Este relatório foca-se na análise das políticas e das práticas que podem potenciar a digitalização para criar melhores oportunidades de aprendizagem. Também são analisadas formas de combater os efeitos perturbadores da digitalização na e para a educação. OECD

https://www.oecd.org/pisa/PISA2018_Leitores_PORTUGAL.pdf
Thriving in an AI world
Our analysis of seven industries’ perspectives on AI in the enterprise unpacks how business leaders are using the technologies to solve major industry problems. These include addressing the challenges brought on by COVID-19, fast-tracking vaccine development and distribution, detecting fraud, improving bureaucratic efficiency, and more. We hope you find the study findings – and our analysis – insightful and useful as you evolve your AI strategy. KPMG
En marcha el proyecto European Mid Life Skills Review en el que participan PROSPEKTIKER y LANBIDE
El Proyecto E-MLSR (“European Mid Life Skills Review”) tiene por objetivo desarrollar herramientas y materiales formativos que apoyen a los coaches y profesionales que acompañan a las personas desempleadas en su proceso de integración en el mercado laboral y en la mejora de sus competencias, poniendo el foco en la evaluación de competencias a mitad de vida. PROSPEKTIKER y LANBIDE.
COORDINATED HIGHER INSTITUTIONS RESPONSES TO DIGITALISATION
The project brings together the right mix of university responsibles, educators/teachers, learners, labour market experts, alongside business and local government to offer a coordinated response to the challenges arising from digitalization. The aim of the project is to assist universities in implementing activities designed to increase the levels of digital competences for employability, upskilling, according with a growing range of employment generated by the digital economy, aligned with the needs of and opportunities offered by the labour market and linked to professional profiles.

Moving learning online and the COVID-19 pandemic: a university response | Emerald Insight
WHY CITIES WILL COME BACK STRONGER AFTER COVID
Cities have had a tough year. The very thing that makes them so dynamic—the ease of connecting with people and gathering in large groups—seemed to render them more dangerous than before. No wonder so many of those that could afford to ended up fleeing to the countryside. Actually, studies show urban living may not be as covid-risky as you might suspect. Dense cities tend to have better hospitals and easier access to medical care, including preventative care, for example. Andrew Giambrone
FEW CITIES ARE FIGHTING CLIMATE CHANGE RIGHT
Opportunity gap: When it comes to fighting climate change, cities play a crucial role. The good news is that, globally, more cities than ever are taking action. The bad news: Few are focusing their efforts on areas that have the highest impact when it comes to slashing emissions. That’s according to a new report from the nonprofit CDP, which found that just 17% of the 812 cities it surveyed are implementing measures across all four of the top priority areas of building, transport, electricity grids and waste management. The report also finds that fewer that half of all cities have a detailed plan for tackling climate-related hazards like extreme heat and flooding, writes Bloomberg Green’s Laura Millan Lombrana.
AUMENTO DO DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA PÕE EM RISCO METAS CLIMÁTICAS DO BRASIL
O aumento do desmatamento ilegal na Amazônia põe em risco as metas de redução das emissões de gases de efeito estufa (GEE) estabelecidas na Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC) do Brasil em 2015, por ocasião da assinatura do Acordo de Paris, e revisadas em dezembro de 2020.A derrubada de floresta para conversão em pastagens no bioma amazônico tem impulsionado as emissões de GEE do país e se tornou, desde 2017, a principal fonte de geração no Brasil desses gases que contribuem para o aquecimento global. Se o desmatamento continuar, todo o esforço para reduzir as emissões de gases de efeito estufa no Brasil será em vão. Elton Alisson, FAPESP.
SIMBIOSES ENTRE HUMANO E TECNOLOGIA
Inscrições abertas para grupo de estudos da Cátedra Oscar Sala, sediada no IEA-USP. As atividades da Cátedra envolverão debates com proeminentes intelectuais brasileiros e seminários com pesquisadores estrangeiros sobre temas controversos e desafiantes da atualidade, relativos às simbioses entre humano e tecnologia. Serão discutidos os seguintes temas: “Expansionismo tecnológico e/ou Segurança nas redes”; “Riscos à ética e democracia e/ou IA na cultura e criatividade”; “Capitalismo de vigilância e/ou Cidadania planetária”; e “Antropoceno e/ou Novas ecologias políticas. FAPESP
DESAFIOS ESTRATÉGICOS DO ENSINO SUPERIOR PÓS PANDEMIA
Grandes pensadores e especialistas da área irão discutir possíveis cenários e responder questões que têm afligido o setor diante de várias incertezas. Os novos modelos pedagógicos implantados durante a crise permanecerão sendo adotados? Um novo modelo híbrido vai prevalecer? Os estudantes se sentirão seguros para voltar às salas de aula mesmo após o fim da pandemia? E como um possível novo comportamento entre os alunos afetará o campus e a infraestrutura das IES? SEMESP
GRUPO DE ESTUDOS AVALIAÇÃO DE AÇÕES HUMANITÁRIAS
O Grupo de Estudos Avaliação de Ações Humanitárias estrutura-se em um ciclo de atividades acerca de três temas centrais - Participação, Avaliação e Ação Humanitária -, tendo como ponto de partida a construção de saberes e práticas emergentes sobre Avaliação e Participação. Por meio de sessões temáticas, estruturadas pelo/as coordenadores/as, especialistas convidados/as, o grupo propõe estimular reflexões, debates e práticas, a partir do diálogo entre a análise crítica de normativas e documentos do setor humanitário e o compartilhamento de experiências de avaliadores/as que atuam em contextos humanitários na América Latina. Uma iniciativa do Núcleo Multidisciplinar de Avaliação de Políticas Públicas - NUMAPP, da Universidade Federal do Ceará (UFC), em parceria com o Projeto Extensão Cultura Avaliativa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). As reuniões do grupo acontecerão nàs quartas-feiras a partir do 26 de maio, das 17:30 às 19:30, horário de Brasília – Brasil.
https://www.rbaval.org.br/
PANDEMIA INCERTEZA E PALAVRA DOS GOVERNANTES
O erro [dos governantes] consiste em confundir comunicação e ação, objetivos e meios para alcançá-los; erro que se repete a tal ponto que as palavras dos tomadores de decisão são cada vez menos confiáveis. A comunicação é útil se reduzir a incerteza ao mobilizar energias, e decepcionante e perigosa se for um substituto para o gerenciamento pragmático. E se a previsão por meio do planejamento e da mobilização das partes interessadas fosse o melhor instrumento contra a incerteza? Robert Boyer
AVANÇOS NO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS E CIDADES INTELIGENTES
O Fórum Permanente: Avanços no gerenciamento de resíduos e cidades inteligentes, pretende discutir a relação direta entre os projetos de cidades inteligentes e a gestão de resíduos sólidos com o objetivo de apresentar soluções inovadoras que visam a sustentabilidade no ambiente universitário e nas cidades, partindo do conceito de conceito de campus universitário como um laboratório vivo para a criação de soluções sustentáveis. UNICAMP
PORQUE O NORDESTE É O NOVO HUB DE INOVAÇÃO DO BRASIL
Esqueça o Vale do Silício, as startups brasileiras têm um novo alvo: o Nordeste brasileiro. Os ecossistemas de inovação brasileiros têm ganhado destaque no cenário internacional e a redução na taxa de êxodo de empresas nascidas em polos de inovação de diferentes regiões do Brasil para o Sudeste indicam um nível cada vez mais maduro de empresas que estão fora do eixo Rio-São Paulo. O mesmo acontece nos estados do Nordeste. Segundo mapeamento mais recente da Associação Brasileira de Startups (AbStartups), existem hoje 1.171 startups no Nordeste. A grande maioria delas está concentrada nos estados da Bahia, Pernambuco e Ceará. Em relação ao perfil, destacam-se as empresas com soluções em educação, saúde e desenvolvimento de software.
5 dicas do Google para encontrar emprego online
INVESTIMENTOS EM STARTUPS COM SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA 4.0 CRESCEM MAIS DE 400%
As startups com soluções para a indústria 4.0 captaram cinco vezes mais em 2020, em comparação aos últimos oito anos. Startups que oferecem produtos e soluções para a inovação nos processos industriais fazem parte do setor de indústria 4.0, que registrou crescimento de 427% no valor recebido em investimentos no último ano. Os dados são da pesquisa Distrito Indústria 4. 0 Report 2021, mapeamento inédito do segmento realizado pela plataforma de inovação Distrito e divulgado com exclusividade pelo GazzConecta. Millena Prado
EMPRESAS VEEM APOIO A CAUSAS SOCIAIS E DIVERSIDADE COMO CAMINHO SEM RETORNO
Em um ano de pandemia, o país viu empresas doando bilhões de reais para o combate aos efeitos sociais e econômicos da crise sanitária, bancos se unindo para banir os pecuaristas que desrespeitam leis ambientais e, mais recentemente, centenas de companhias juntas para acelerar a vacinação contra a covid-19
OS VERDES MAIS PERTO DO PODER
Depois de renovarem o cenário político europeu, os verdes estão próximos de governar a nação mais poderosa do continente. Estrela no cenário político da Alemanha, a líder do Partido Verde, deputada Annalena Baerbock, concorre nas eleições de setembro com chances reais de conquistar a cadeira de Angela Merkel, que vai deixar o poder depois de 16 anos. Esse é o pleito mais disputado do país no pós-guerra, e o primeiro em que o chanceler não busca um novo mandato.
EUROPEAN HUMANITIES CONFERENCE
Building peace in the minds of men and women
The European Conference takes on the field of Humanities as a set of specific methodologies and perspectives of approach but not limited to traditional disciplinary issues. It should focus on cross-cutting themes of society, highlighting the specific contribution of the Humanities to our world, in close cooperation with researchers from other disciplines such as the natural, social, engineering, and medical sciences, to discuss educational and scientific policy as well as processes of societal dissemination of knowledge. UNESCO, May 5th
CORONAVIRUS POLITICS: The Comparative Politics and Policy of COVID-19COVID-19 is the most significant global crisis of any of our lifetimes. The numbers have been stupefying, whether of infection and mortality, the scale of public health measures, or the economic consequences of shutdown. Coronavirus Politics identifies key threads in the global comparative discussion that continue to shed light on COVID-19 and shape debates about what it means for scholarship in health and comparative politics. The book bring together over 30 authors versed in politics and the health issues in order to understand the health policy decisions, the public health interventions, the social policy decisions, their interactions, and the reasons. The book's coverage is global, with a wide range of key and exemplary countries, and contains a mixture of comparative, thematic, and templated country studies. All go beyond reporting and monitoring to develop explanations that draw on the authors' expertise while engaging in structured conversations across the book. Scott L. Greer, Elizabeth J. King, Elize Massard da Fonseca, André Peralta-Santos, Editors
O FIM DO TRABALHO Entre a distopia e a emancipação
O fim dos empregos é anunciado como tendência incontornável ao menos desde o século XIX. A previsão e suas consequências ocuparam algumas das melhores mentes do pensamento social desde então. A revolução digital trouxe novo alento a essa profecia. Este artigo procura mostrar que, embora as formas mais avançadas da revolução digital (a Inteligência Artificial, a Aprendizagem de Máquinas e a Internet das Coisas) já estejam substituindo boa parte dos trabalhos atualmente existentes, não é aí que reside sua maior ameaça. O problema maior da revolução tecnológica do século XXI é que ela está fortalecendo uma polarização social do mercado de trabalho que vai na contramão do que foram as bases do próprio Estado de bem-estar do século XX. R. Abramovay
Martin Ford (USA) at Ci2016 - "The Rise of the Robots–Threat of a Jobless Future"
CAPITAL E IDEOLOGIA DE THOMAS PIKETTY um breve guia de leitura
O objetivo deste Caderno é introduzir o leitor ao pensamento do economista Thomas Piketty sobre a desigualdade econômica. No item 1, será apresentada uma breve análise do livro O Capital no século XXI. Nos itens seguintes, serão elencados os principais temas tratados no livro mais recente de Piketty, Capital e ideologia, publicado em 2019 e traduzido no Brasil em 2020. Tem 6 partes: O Capital no século XXI e a curva em U da desigualdade, Desigualdade e conflito ideológico, Da sociedade de ordens à sociedade de proprietários, Escravidão, colonialismo e a desigualdade extrema, Da social-democracia ao hipercapitalismo e O socialismo participativo no século XXI: agenda de reformas. Alexandre Alves
PANDEMONIA DA FOME
Não bastasse o genocídio promovido pelo governo Bolsonaro, favorecendo a infecção de 15 milhões de pessoas e a morte de 350 mil no Brasil, muitas delas asfixiadas em casa ou na fila de hospitais por falta de leitos, o povo brasileiro se vê, agora, diante de outro fator letal: a fome. Em dezembro de 2020, de 213 milhões de brasileiros, 19 milhões literalmente não tinham o que comer, e 117 milhões não sabiam o que haveriam de comer no dia seguinte, sobreviviam em insegurança alimentar. Os dados são da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania Alimentar e Nutricional. Frei Betto.
OMS alerta para crescimento exponencial da pandemia no Brasil
Semana passada foi a quarta que registou o maior número de infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 numa semana. Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou esta segunda-feira 13 de abril para o aumento do número de casos de Covid-19 em sete semanas consecutivas e do número de mortes em quatro semanas, sublinhando que a pandemia está a crescer exponencialmente. Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral, OMS.
SÃO OS ERROS QUE NOS FAZEM CRESCER
A autoridade dos professores está em crise porque a escola não tem conseguido se adaptar à nova autonomia dos jovens. Aprender não significa apenas saber gramática, matemática, um pouco de geografia e história. As escolas devem cuidar de nossa dupla aspiração: realizar-nos como indivíduos, em nossas atitudes, habilidades e construir vínculos dentro de uma comunidade. Os professores devem, antes de tudo, estar conscientes de que as crianças devem ser acompanhadas nesta dupla aspiração. Todo erro deve ser analisado, entendido: é uma oportunidade extraordinária de progredir. A escola ensina muitas certezas, mas ninguém explica às crianças que a vida é feita sobretudo de incertezas: saúde, economia, guerras. E. Morin

Edgar Morin - Unidade e Diversidade
POR QUE SOMOS O PAÍS MAIS ANSIOSO DO MUNDO
Um “remedinho” para dormir, outro pra acordar.... Um pra sorrir, outro pra chorar..... A vida real, com seus altos e baixo, tem levado muitas pessoas a se medicalizarem apenas para darem conta de suportarem a vida, e não necessariamente tratarem um transtorno emocional.. Os instigantes casos que você conhecerá neste livro serão o inicio de uma jornada sem contraindicações rumo ao resgate não apenas de suas emoções, mas de suas próprias vidas! A verdadeira mudança tem de vir de dentro para fora, e o tratamento é passo a passo, não comprimido a comprimido. Não, não é a negação da doença mental. Sim... É o despertar da consciência! Pablo Vinícius
COMO MUDAR OS ESTILOS DE VIDA PARA PREVENIR AS PANDEMIAS
Deveríamos focar nossa atenção nas atividades humanas e no impacto que elas produzem sobre a natureza. Práticas como desmatamento, expansão irracional das cidades, agricultura intensiva, dizimação de variedades silvestres para fins comerciais, redução da biodiversidade e até mesmo as mudanças climáticas devido ao aumento de CO2 em excesso, são todos fenômenos que alteram os equilíbrios ecológicos, aumentando consequentemente o risco de pandemias devido à intensificação dos contatos e interações entre espécies silvestres, animais de criação e seres humanos". F. Gesualdi, Centro Nuovo Modello di Sviluppo.
O ENSINO PRESENCIAL NÃO VAI MAIS EXISTIR
O ensino a distância (EAD) veio para ficar. Todas as instituições presenciais estão fazendo hoje, inclusive as locais. O ensino presencial puro não vai existir. Vai ser o ensino híbrido e o digital. Houve uma mudança cultural forçada que aconteceu nesses 12 meses de isolamento de pandemia que não tem mais retorno. Nesse período todas as instituições de ensino evoluíram 5 anos em 1 ano, o que melhorou muito a qualidade da maior parte dos produtos. O ensino a distância evoluiu, ele mudou. O aluno ele quer ver vídeos curtos, ele quer ler, quer fazer jogo, ele quer fazer um quiz, ele quer discutir com os colegas, quer fazer um trabalho, um teste. Essa evolução trouxe um nível de engajamento e de integração do aluno com o modelo de ensino a distância muito forte. J. Diniz CEO da Ser Educacional
ALGORITMIZAÇÃO DA VIDA: A NOVA GOVERNAMENTALIZAÇÃO DAS CONDUTAS
A pandemia nos lançou de modo abrupto no mar das novas plataformas tecnológicas e na tempestade dos algoritmos. Provavelmente, a pandemia acelerou em mais de uma década os processos de algoritmização da vida através da exigência que cada um de nós está tendo de se integrar num mundo digital, não mais como um mundo virtual, mas como o mundo real que suplanta a própria realidade física. C. M.M. Bartolomé Rui
BOLSONARO É UMA ABERRAÇÃO NA HISTÓRIA
A política atual peca porque a visão de mundo que eles têm é irracional. São seguidores de uma seita. Os atuais governantes são lunáticos e insanos, pessoas que não têm contato com a realidade. Rubens Ricupero
O CAPITALISMO SE DESLOCA – E ABRE NOVA DISPUTA
Tendo como base o lançamento do seu livro O Capitalismo se desloca: Novas Arquiteturas Sociais, em entrevista à Revista Sesc, Dowbor debate contradição central de nosso tempo: produção imaterial permite enfrentar desigualdade e multiplicar cooperação. Mas a lógica da exclusão e do monopólio contra-ataca – com barreiras e superpoder das finanças.
https://dowbor.org/2021/03/o-capitalismo-se-desloca-e-abre-nova-disputa.html?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=dicas_do_dowbor_marco_2021&utm_term=2021-03-27
RANKING DO SANEAMENTO Instituto Trata Brasil 2021
Para compor o Ranking, o Instituto Trata Brasil considera informações fornecidas pelas operadoras de saneamento presentes em cada um dos municípios brasileiros. Os dados são retirados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). O Ranking tem sido fundamental para revelar a lentidão com que avançam os serviços de acesso à água e de coleta e tratamento de esgoto no Brasil. Evidencia-se que a universalização dos serviços não ocorrerá sem um maior engajamento dos prestadores e do comprometimento dos governos federal, estaduais e municipais.
EDUCAÇÃO PÚBLICA NOS MUNICÍPIOS: RECOMENDAÇÕES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL
Manter políticas de resposta direta aos efeitos da Covid-19 dependerá da situação de saúde em que os municípios se encontrarão no início dos mandatos. O cenário ainda é incerto. Por isso, o foco das recomendações deste documento produzido pelo Todos Pela Educação a pedido da RAPS está em subsidiar os futuros Prefeitos, Vereadores e Secretários Municipais de Educação em seus esforços de fortalecer o sistema educacional para além dos desafios de mitigação e reação aos impactos específicos da pandemia. As recomendações foram elaboradas a partir da publicação “Educação Já - Uma proposta suprapartidária de estratégia para a Educação Básica brasileira. Elaborado pelo Todos Pela Educação (www.todospelaeducação.org.br) a pedido da RAPS Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (www.raps.org.br).

Guia Temático | Educação - RAPS
MUDANÇA CLIMÁTICA E METAS GLOBAIS: A IMPLEMENTAÇÃO DA AGENDA DE SUSTENTABILIDADEA resposta ao desafio climático e seus efeitos pode se dar por meio de estratégias para reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE) e para preparar e adaptar as cidades. Nesse contexto, os prefeitos devem assumir compromissos públicos de ação local e participar de movimentos internacionais, como Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia, fomentado pela União Europeia, em parceria com a Bloomberg Philanthropies, que atualmente conta com mais de dez mil cidades signatárias. ICLEI –Governos Locais pela Sustentabilidade (www.sams.iclei.org), a pedido da RAPS Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (www.raps.org.br)
PROPOSTAS PRIORITÁRIAS DE SAÚDE PARA OS MUNICÍPIOSA saúde junto com a economia e a segurança são prioridade nos municípios. A Saúde está sempre entre os dois maiores centros de custo, empregando também parte considerável dos recursos humanos da gestão municipal. Ao mesmo, é cronicamente objeto de grande insatisfação, como aponta a pesquisa Latinobarômetro 2018, realizada em 18 países da região, e na qual o Brasil aparece como o único na América Latina onde a maior preocupação social listada pela população é a qualidade do sistema de saúde; e O sistema deve utilizar a pandemia como uma oportunidade ampla para o manejo mais amplo das crises, que não se restringem a ela: as arboviroses (dengue, malária e Chikungunya, entre outras), as demais doenças infecciosas e os desastres naturais de tempos em tempos testarão a resiliência do sistema. IEPS Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (www.ieps.org.br), a pedido da RAPS Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (www.raps.org.br)
AGENDA DA SUSTENTABILIDADE NOS PROGRAMAS DE GOVERNO
Um dos resultados da pesquisa mostra que, com exceção de “saneamento básico” e “energia elétrica”, em menos de 50% dos municípios os prefeitos e prefeitas eleitos(as) assumiram o compromisso com os temas da agenda da sustentabilidade. Para os pesquisadores, é possível afirmar que boa parte dos eleitos não parece dispor de conhecimento ou de soluções para parte significativa dos desafios da sustentabilidade no Brasil. Além disso, os programas em geral são genéricos, sem metas claras e sem especificações sobre como a promessa será realizada ou com quais recursos. RAPS Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (www.raps.org.br)
15ª Conferência das Partes da Convenção da Diversidade Biológica COP15, que vai definir a Estratégia de Biodiversidade Pós 2020.A COP15, que será realizada em maio de 2021 em Kunming, na China, será de vital importância para que a humanidade reveja a atual crise da biodiversidade, visto que as Metas de Aichi não foram atingidas. A Convenção da Diversidade Biológica (CDB) é um tratado internacional multilateral que se dedica à proteção e ao uso sustentável da biodiversidade, e o Brasil é um protagonista importante por ser detentor da maior diversidade biológica do planeta. A reunião vai contar com a participação de T. Lovejoy. Programa Biota FAPESP, 25 de março
15ª Conferência das Partes da Convenção sobre a Diversidade Biológica
https://fapesp.br/biota/
FAITH IN ELECTRICITY? INFORMATION AGE KARMALessons are clear, whether in California, Texas, or the larger market failures of climate change-driven fires, floods, hurricanes, as well as in pandemics. The latest lesson is the misdirection of internet-based social media platforms focused on profit and market penetration. Yet these new monopolies freely use taxpayer-funded research, platforms of the internet, satellites, fiber-optic undersea cables, and the network effects they provide. Now governments are beginning to restrain these overgrown advertising-based giants, Facebook, Google, Amazon, Twitter, and others which also use their surveillance algorithms to influence and predict our behavior so as to sell this information, as described by Prof. Shoshana Zuboff in The Age of Surveillance Capitalism (2019). The USA and the European Union are now addressing these massive market over-reaches, as I reported in Steering Social Media Toward Sanity. Hazel Henderson
DRIVING INNOVATION WITH EMOTIONAL INTELLIGENCE
From landing a rover on Mars to designing luxury cars and leading high-performance teams, EQ paired with IQ provides a competitive advantage.
https://www.nasdaq.com/articles/corporate-leadership-2.0%3A-is-emotional-intelligence-the-new-iq-2020-11-19
WE CAN´T PREVENT TOMORROW´S CATASTROPHES UNLESS WE IMAGINE THEM TODAY
Joe Biden repeatedly emphasized his intention to battle multiple crises simultaneously: a “health crisis,” an “economic crisis,” a “racial justice crisis” and a “climate crisis.” But we deal with the critical differently than we deal with the chronic. Crises focus us on the present, demanding swift action, while conditions force us to look to the future because they require strategy sustained over time. The pandemic, the economy, the climate and racial strife are both crises and conditions, demanding not just short-term management but long-term rethinking — operations and planning, response and anticipation, acting in the present and thinking of the future. “At the end of the day government is an operational enterprise. It is not a university,” as Richard Haass, one of Kennan’s more recent successors, put it. J.P. Scoblic
On Trend: The Business of Forecasting the Future
ON TREND The Business of Forecasting the Future
Prophets churning profits in the mysterious world of trend professionals. The book On Trend delves into one of the most powerful forces in global consumer culture. From forecasting to cool hunting to design thinking, the work done by trend professionals influences how we live, work, play, shop, and learn
TELECOMMUNICATIONS AND EMPIRE
Power relations within the global telecommunications empire. As ownership of communications infrastructure becomes more valuable, governments have scrambled to shape international guidelines. The book provides insight into struggles between U.S. policymakers and the rest of the world, illustrating the conflict between a growing telecommunications empire and sovereign states that are free to implement policy changes. J. Hills
THE FORK IN THE ROAD PROJECT
Humanity has entered a critical moment in its history. The coming decade is a time of great historical significance, and the decisions humanity collectively makes in the next 10 years may well determine whether our future is bright and prosperous, or whether it leads to misery and perhaps even our eventual demise as a species.The Fork In The Road Project is named after Buckminster Fuller and has been initiated in 2021 by futurists David Houle, Glen Hiemstra and Gerd Leonhard. We are aiming to start a global narrative that brings 4 existential issues (climate change, capitalism, exponential technological change and human enhancement) into a sharper and wider public focus, and ultimately catalyses real action by leaders around the world.
https://forkintheroadmanifesto.files.wordpress.com/2021/02/the-fork-in-the-road-manifesto-draft-version-feb-22-2021-v4.pdf
COVID19 HEALTH DATA TRENDS BRAZIL
All scenarios include vaccine distribution.
DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA FAVORECE AUMENTO DE BACTÉRIAS RESISTENTES A ANTIBIÓTICOS NO SOLO
O processo de ocupação na Amazônia consiste em, primeiramente, derrubar as árvores mais valiosas para exploração da madeira. Em seguida, todo o resto é desmatado e a área, queimada, para dar espaço a culturas agrícolas ou capim para o gado. Além das cinzas da vegetação que vivia ali, o solo recebe ainda calcário para diminuir a acidez e outros insumos agrícolas. Essa abundância de nutrientes gera uma proliferação de bactérias e uma competição feroz por recursos; e as bactérias produzem substâncias para atacar umas as outras. Essa competição por recursos é comum em qualquer ambiente. Quando uma área é desmatada, porém, uma série de fatores aumenta a competição, favorecendo justamente aquelas bactérias que podem resistir a essas substâncias. Se chegam aos humanos, esses microrganismos podem se tornar um grande problema

Amazon deforestation enriches antibiotic resistance genes
WHY 2021 IS HUMANITY´S MAKE-OR-BREAK MOMENT ON CLIMATE BREAKDOWN
2020 was perhaps the first time in living memory when governments around the world took radical action to put the interests of public health and wellbeing above that of private profit. For a world that is so dominated by the logic of capitalism, that’s no small triumph.
SEPARADOS POR UMA TELA
Encontros virtuais ficaram comuns, mas não substituem o contato presencial e isso pode afetar a saúde mental. Sibele Oliveira
EL FUTURO DEL TRABAJO: incertidumbre, habilidades y desafíos para la educación universitaria.
Los seres humanos estamos trenzados en una constante lucha por gestionar la incertidumbre y, a pesar de llevar siglos enfrentándola, no nos acomoda. Necesitamos perspectivas más cercanas a lo posnormal de la ciencia, al reconocimiento de que tanto para los sistemas naturales reales como complejos y dinámicos, implicaria moverse hacia una ciencia cuya base es la impredectibilidad, el control incompleto y una pluralidad de perspectivas legítimas. Shih, W. y Aceituno, P.
DÍA INTERNACIONAL DE LA FRATERNIDAD HUMANA. Fraternidad humana para la paz y la cooperación
En estos momentos, necesitamos la valiosa aportación que hacen las personas de todas las religiones o creencias a la humanidad, así como la contribución que el diálogo entre todos los grupos religiosos puede aportar para que se conozcan y se comprendan mejor los valores comunes compartidos por toda la humanidad.

The International Day of Human Fraternity: A Pathway to the Future | UNAOC
CORRUPTION PERCEPTIONS INDEX (CPI) 2020
2020 proved to be one of the worst years in recent history, with the outbreak of the global COVID-19 pandemic and its devastating effects. The health and economic impact on individuals and communities worldwide has been catastrophic. As the past tumultuous year has shown, COVID-19 is not just a health and economic crisis, but a corruption crisis as well, with countless lives lost due to the insidious effects of corruption undermining a fair. Delia Ferreira Rubio Chair, Transparency International

https://www.elobservador.com.uy/nota/los-paises-mas-y-menos-corruptos-del-mundo-y-como-le-fue-a-uruguay--2020128164033
THE MILLENNIUM PROJECT NEWSLETTER 7.0
The Millennium Project Newsletter 7.0 present News regarding: What's Next for the COVID Pandemic?, World Future Day March 1, 2021, TIA for Pakistan 's State of the Future Index, The Philippines Becomes the 67th Node, Short Video Reports from Nodes Available, RIBER (Ibero-American Prospective Network), FEN (Foresight European Network) and Narrow AI to Artificial General Intelligence
Essa crise nos leva a questionar nosso modo de vida, nossas reais necessidades mascaradas nas alienações da vida cotidiana
Em entrevista ao Le Monde, o sociólogo e filósofo Edgar Morin avalia que a corrida pela lucratividade e as deficiências em nossa maneira de pensar são responsáveis por inúmeros desastres humanos causados pela pandemia de Covid-19
A PANDEMIA DEMONSTROU AS CONSEQUÊNCIAS DE 40 ANOS DE NEOLIBERALISMO
A pandemia ressaltou uma série de problemas. Afetou muitos países, mas responderam de maneiras diferentes", com sucesso "na Nova Zelândia, Coréia do Sul e Taiwan, onde até países pobres como o Vietnã fizeram enormes esforços para controlá-la", e fracassos como nos "Estados Unidos e no Brasil", os países bem-sucedidos têm sido aqueles “com governos eficazes, instituições robustas e boa ciência”, mas também destacou a importância da confiança “dos cidadãos, do governo e entre ambos e os altos níveis de desigualdade enfraquecem a confiança. Aliás Brasil hoje ocupa a 9ª posição entre os países mais desiguais do mundo em renda... J. Stieglitz

A seguridade social como via para concretizar os direitos fundamentais. Entrevista especial com Marciano Buffon
THIS IS BIDEN´S SEVEN-POINT PLAN FOR TACKLING THE PANDEMIC
The plan is a distillation of a 200-page strategy document, some of which have already started to be put into action through executive orders. President Biden has said it will take a "wartime effort" to tackle the covid-19 pandemic as he unveiled a seven-point plan on his first full day in the job. He pledged to be guided by science, and to make transparency and accountability core values for his administration's response.

This is Biden's seven-point plan for tackling the pandemic
ARTICULAÇÃO BRASILEIRA PELA ECONOMIA DE FRANCISCO E CLARA - ABEFC
Neste próximo sábado, dia 23 de janeiro, a partir das 17h com teto estabelecido para às 19h, ocorrerá a segunda etapa do Processo de Planejamento da ABEFC 2021. Inscrições: https://forms.gle/rUFJPGUMwR36mV2v9
http://economiadefranciscoeclara.com.br/
WINTER ISSUE OF THE BRIDGE ON COMPLEX UNIFIABLE SYSTEMS
Explorations of Complexity and Unifiability. The articles in this issue are a first step toward exploring the notion of unifiability, not merely as an engineering ethos but also as a broader cultural responsibility. We consider unifiability as the leveraging of approaches and capabilities from different practices and paths of inquiry to foster functional systems engineering for complex problems. Unifiability involves crossing boundaries, as well as leadership, strategy, communications, and accountability.
SPECIAL REPORT ON EXTREME POVERTY AND HUMAN RIGHTS
Até os anos 1980, vários indicadores mostravam uma substancial diminuição da desigualdade. Nos últimos 30 anos, após a globalização extrema do sistema econômico desencadeada no decênio Reagan - Thatcher, essa tendência se inverteu. Não apenas a desigualdade aumentou, o que já era bem sabido, mas a pobreza extrema diminuiu de modo irrelevante nesses trinta anos.
SUSTAINABILITY EDUCATION MADE ACCESSIBLE TO ALL
Education is increasingly gaining a central role in easing the transition to a sustainable world. the EUSTEPs project strives to ensure that sustainability is not only taught but also practiced on campuses, allowing HEI educators of all disciplines to easily and effectively incorporate sustainability teaching in their courses
SAÍDA DE MONTADORAS ALERTA PARA IMPLOSÃO DO MERCADO INTERNO E DESINDUSTRIALIZAÇÃO
Os casos da Ford e da Mercedes-Benz reúnem fatores conjunturais, estruturais, um certo relapso com a agenda de competitividade, associada com um processo de transformação na economia mundial, sem que o Brasil sinalize, seja com reformas ou com política séria de desenvolvimento e inovação, as estratégias que vai adotar. Não faz sentido instalar uma fábrica para atender apenas um mercado, envolve poder também exportar, e aí é que vem a questão crítica do Brasil, que oferece várias desvantagens”. Entre os pontos negativos, de acordo com Fonseca, estão o custo Brasil, a carga tributária – e o não encaminhamento da reforma – e a falta de integração com cadeias globais.
THE FUTURE OF DEMOCRACY CHALLENGED IN THE DIGITAL AGE
Recent evidence is marshalled concerning the impact on democracies of the global explosion of electronic platforms and digital companies, based initially on the US government- supported and now worldwide Internet. These companies, driving Wall Street stock prices, are still largely unregulated and unchecked by conventional anti-trust regulations, especially in the USA. These companies, especially the social media giants, are examined for their growing threats to democracies in all countries. H. Henderson

http://www.cadmusjournal.org/files/pdfreprints/vol3issue5/Future-of-Democracy-Challenged-in-the-Digital-Age-HHenderson-Cadmus-V3-I5-Reprint.pdf
STEERING SOCIAL MEDIA TOWARD SANITY THE NEXT FEW YEARS WILL BE CRUCIAL
Social media platforms based on advertising and profit-maximizing have clearly morphed into monsters threatening all societies and democratic human values. H. Henderson
EVOLVING MARKETS IN METAPHYSICAL RECONSTRUCTION
The earliest markets for metaphysical reconstruction evolved continually from changing belief systems, religions, creation stories, cultural fashions, and later from science fiction, futures forecasting scenarios. These changing styles of being and behaving are ubiquitously and profitably expressed in the arts: paintings, poetry, fiction books, music, dance and theatrical performances. These markets flourish in all Information-based societies and now dominate all other forms of globalization. In our Information Age value is shifting from material production and trading things you can drop on your foot to digital assets: intellectual property, patents, brands, recipes and reputational “goodwill”, which accountants are still learning to measure. H. Henderson
REFLECTING ON 2020 Social Enterprise Leaders’ Advice for Navigating Crisis
Be agile in the face of crisis by decentralizing decision-making, Activate real-time learning across teams—and keep it simple, Don’t wait to cut costs, Transparently communicate with key stakeholders, Collaborate! But focus on the areas where you can add unique value, Lean into your values, Stay true to your word and follow-through on your commitments, Be ready to harness the moment.

https://centers.fuqua.duke.edu/case/knowledge-center/scaling-pathways/scaling-through-mass-disruption/
ENFIM DESCOBRIMOS O PLANETA TERRA
A partir de agora nunca sairá de nossa consciência de que temos descoberto a Terra, nosso lar cósmico e que somos a parte consciente, inteligente e amorosa dela. Porque somos portadores destas qualidades, nossa missão é cuidar dela como Casa Comum e de todos os demais seres que nela habitam e que têm a mesma origem que nós, portanto, são nossos parentes. Leonardo Boff
Prospectiva 2021 reflexões sobre cenário.
O tratamento de grandes desastres ambientais e assaltos aos biomas e áreas de preservação será o mais “neutro” possível, enquanto a disparada dos preços internos, da inflação e do dólar pouco ou nada preocupará a República rentista, que alegará a necessidade de vender (a preços de fim de feira) o que ainda resta de ativo público e estatal como solução fiscal. Porem há também resiliência e resistência por parte das outras formas de vida e do mundo não humano de maneira geral. Por isso mesmo não podemos parar de lutar. Déborah Danowski

http://www.ihu.unisinos.br/159-noticias/entrevistas/585821-ha-mundo-por-vir-a-necessidade-de-pensar-o-impossivel-entrevista-especial-com-deborah-danowski
SEM AUXÍLIO EMERGENCIAL POBREZA EXTREMA PODE ATINGIR MAIS DE 20 MILHÕES NO BRASIL
Com o fim do auxílio emergencial em dezembro e sem a garantia de extensão do benefício, uma taxa de 10% a 15% da população brasileira deve ser atingida pela extrema pobreza a partir deste mês. O impacto da pandemia e do auxílio é, além de distributivamente maiores sobre os mais pobres, também são regionalmente mais fortes sobre o Nordeste e Norte
UM QUINTO DOS PAÍSES CORREM RISCO DE COLAPSO ECOSSISTÊMICO
O avanço do processo de crescimento contínuo da produção e consumo de bens e serviços ao bel-prazer da humanidade tem provocado uma degradação generalizada dos ecossistemas globais e gerado um ecocídio da vida selvagem; e um quinto dos países correm o risco de colapso de seus ecossistemas devido à destruição da vida selvagem e de seus habitats naturais, de acordo com análise da seguradora Swiss Re. José Eustáquio Diniz Alves

https://www.swissre.com/dam/jcr:4793a2c3-b50a-47c0-98df-ed6d5549fde8/nr-20200923-swiss-re-biodiversity-ecosystem-index-en.pdf
https://livingplanet.panda.org/en-gb/
O BRASIL E OS IMPOSTOS MAIS LOUCOS DO MUNDO
O Brasil tem o sistema tributário mais complexo do mundo, o que é comprovado por qualquer medida que se avalie. No Complexity Tax Index por exemplo que mostra a complexidade tributária ao redor do mundo — ocupamos o primeiro lugar entre 100 países analisados.
REFLEXÕES SOBRE POLÍTICA E ECONOMIA PÓS-PANDEMIA
O impacto econômico-social da crise sanitária global e as perspectivas de sua superação em cada Estado soberano. Mais brasileiramente, o tema das características centrais das duas coisas juntas: a epidemia em si e suas projeções tanto econômico-sociais quanto políticas. A partir da ignomínia em que sempre se traduziu a falta de compatibilidade entre um país comprovadamente rico e largas porções dos seus habitantes comprovadamente pobres ou de fratura existencial exposta.
REFLEXÕES PARA 2021: O FUTURO DEPOIS DO CORONAVÍRUS
Textos que discutem como conceitos arraigados sobre o conhecimento técnico-científico, as diretrizes que regem a economia das nações e mesmo a noção de gravidade para as outras doenças foram subvertidos em 2020. Trata-se de um conteúdo reflexivo, propício à virada de ano que se avizinha.
CENÁRIOS PÓS-PANDEMIA: OS CAMINHOS PARA A ECONOMIA BRASILEIRA SAIR DA CRISE
Seis economistas de bancos, reunidos por VEJA para analisar os efeitos da pandemia de Covid-19 sobre a economia brasileira, exibem conclusões muito semelhantes. Por distintos ângulos, mostram que o Brasil entrou na crise fragilizado em três áreas: na desigualdade social e na pobreza, no potencial de crescimento econômico e na situação fiscal. A crise as agravou.
AS COORDENADAS DOS NOVOS TEMPOS
O discurso tecnocrático não é suficiente. Para evitar ser sugados pelo cinismo que a crise pandêmica traz consigo, precisamos de uma beleza, um novo desejo, uma esperança comum, um futuro que não seja a mera repetição do que já conhecemos, Para evitar ser sugados pelo cinismo que a crise pandêmica traz consigo, precisamos de uma beleza, um novo desejo, uma esperança comum, um futuro que não seja a mera repetição do que já conhecemos - Mauro Magatti
Ten ways Covid-19 has changed the world economy forever
SEIS MANERAS EN QUE EL CORONAVIRUS CAMBIARÁ NUESTRO MUNDO
En primer lugar, el coronavirus está impulsando una nueva cultura científica global de colaboración abierta, publicación rápida y abordación abierta. En segundo lugar, ahora hay numerosas iniciativas de trabajo remoto para intentar mantener a las empresas operativas a pesar del cierre de oficinas. En tercer lugar, a medida que las cadenas mundiales de suministro sienten el dolor desde el silencio de las fábricas chinas, la demanda de soluciones locales aumentará.
LA INVERSIÓN EXTRANJERA EN AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE
América Latina y el Caribe recibió 160.721 millones de dólares por concepto de inversión extranjera directa en 2019, 7,8% menos que en 2018, caída que se agudizaría en 2020, ya que como consecuencia de la crisis derivada de la pandemia del COVID-19 se prevé una disminución de entre un 45% y un 55% en la entrada de estos flujos.
PARA SUPERAÇÃO DAS CRISES BRASIL PRECISA ABANDONAR O LIBERALISMO ECONÔMICO
Para o economista Luiz Carlos Bresser-Pereira, com pensamento liberal não pode haver crescimento. Por isso, reedita sua tese novo-desenvolvimentista e assegura que imprimir moeda não é sinônimo de inflação descontrolada.
THE WATER ENERGY AND FOOD SECURITY RESOURCE PLATFORM
In the 21st century, the world´s demand for natural resources is more pressing than ever before. The Water, Energy and Food security Nexus approach aims to secure the supply of these resources by strengthening synergies and reducing trade-offs among these sectors.
PRECISAMOS DA FRATERNIDADE E DO AMOR SOCIAL INCLUSIVE EM NOSSAS DECISÕES ECONÔMICAS. Entrevista especial com Flavio Comim
Precisamos da fraternidade, ou melhor, eu diria, do amor social. Por muito tempo ignoramos o papel que o amor tem nas nossas decisões, inclusive as econômicas. A sociedade de indivíduos é uma ficção que caducou. O século XXI precisa retomar a pauta do significado de ser humano.
REPENSAR LOS NEGOCIOS Y LA EDUCACIÓN SUPERIOR
La pandemia actuó como un acelerador de futuro y este cambio en la dinámica de los acontecimientos afectará el desarrollo y la difusión tecnológica. No se trata sólo de recuperar la funcionalidad que se tenía antes del covid, sino maximizar el empleo de los nuevos recursos tecnológicos, para basar la docencia en investigación y generación de proyectos
ENTREVISTA COM O PROFESSOR E PESQUISADOR LUIZ MARQUES DA UNICAMP
O Brasil é o exemplo extremo de uma economia agro-mínero-exportadora, insustentável não apenas em termos ecológicos, mas também em termos estritamente econômicos.
DEVEMOS ALCANÇAR UM EQUILÍBRIO ENTRE MERCADO ESTADO E SOCIEDADE CIVIL
Devemos avançar para uma economia baseada no conhecimento e centrada nos serviços. Devemos nos distanciar dos combustíveis fósseis, já que a mudança climática é real. É preciso avançar em opções sustentáveis.
DESAFIOS E CONQUISTAS DO ESTADO E DA CIDADE DE SÃO PAULO NO PLANEJAMENTO DE CIDADES INTELIGENTES
Nesse amplo painel de Novembro 2020, especialistas falam sobre o Ranking Connected Smart Cities, que destacou a cidade de São Paulo como a mais inteligente e conectada do País, e planejamento urbano

https://sites.google.com/nectainova.com.br/cscmdx-10-palco7-11h/
https://www.youtube.com/watch?v=JojAagj_yeY&feature=emb_logo
COVID-19: ANTES E DEPOIS
Editora Lisbon International Press publica livro de Nilson Pereira Batista que atualiza a covid-19 nestes tempos de transição histórica à luz das tendências econômicas e sociais que se apresentam neste início do século XXI, reunindo dados sobre a atual situação mundial e contextualizando a covid-19 neste momento de transição de era histórica. O lançamento deverá acontecer no dia 4 de Dez e está disponível para pré-venda na Amazon.
A CRISE DA DEMOCRACIA
A democracia representativa está em crise por toda parte. No centro da crise está a avaliação críticas dos líderes políticos e dos partidos que viabilizam a sua chegada ao poder. É como se a política tivesse perdido a capacidade de tocar a vida das pessoas comuns. O livro Crises da democracia: o papel do congresso, dos deputados e dos partidos investiga as origens e as principais características do fenômeno, referenciando-se no cenário global, mas estudando em detalhes o caso brasileiro.
SE ACERCA LA HORA DE LA VERDAD ECONÓMICA Y SOCIAL PARA BRASIL
Brasil y su gobierno se distraen con las elecciones municipales del 15 de noviembre y las peleas sobre la vacuna anticovid-19, sin prepararse para la tempestad social contenida en los dilemas económicos del país: Una caída abrupta de los ingresos de 67 millones de brasileños pobres, más de un tercio de la población nacional, una inflación de alimentos de 12,69 por ciento acumulada en lo que va del año y el real devaluado en 44 por ciento en relación al dólar desde enero forman parte de la cuenta regresiva para la crisis.
STEERING HUMAN EVOLUTION: EIGHTEEN THESES ON HOMO SAPIENS METAMORPHOSIS
Humanity must steer its evolution: This book presents the emergence of human-made meta-evolution shaping our alternative futures; taking into account the strength of nationalism and vested interests, it may well be that only catastrophes will teach humanity to metamorphose into a novel epoch without too high transition costs with the global corona pandemic being just a foretaste of fateful challenges sure to face the human species
TRANSFORMING THE FUTURE: ANTICIPATION IN THE 21ST CENTURY - UNESCO
Anticipation is a fundamental building block of this universe. It is a key to turning complexity from a liability into an asset. Riel Miller
COVID WORLD MAP Tracking the Global Outbreak
The coronavirus pandemic has sickened more than 39,676,800 people, according to official counts. As of Sunday morning Oct 18, at least 1,109,300 people have died, and the virus has been detected in nearly every country.
AKATU 15 de outubro Dia do Consumo Consciente
FLORESTAN FERNANDES 100 ANOS DEMOCRACIA E MUDANÇAS SOCIAIS NO BRASIL
Período do evento 14/10/2020 a 23/10/2020

www.foruns.unicamp.br
COVID uma doença do Antropoceno
http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/600357-a-pandemia-mostrou-os-beneficios-de-um-aparato-estatal-forte-e-competente-avalia-mariana-mazzucato
https://marianamazzucato.com/wp-content/uploads/2017/02/The_Brazilian_Innovation_System-CGEE-MazzucatoandPenna-FullReport.pdf

A janela para lançar uma revolução climática – e no processo conseguir uma recuperação da  Covid-19 inclusiva – está se fechando rapidamente. Devemos agir com prontidão, caso queiramos transformar o futuro do trabalho, o trânsito e o uso de energia, e tornar realidade o conceito de uma 'boa vida ecológica' para as gerações vindouras. De uma forma ou de outra, a mudança radical é inevitável.

OS CINCO FATORES DE NOSSA MISÉRIA
O país retrocedeu e está prostrado, mas a crença na “mercantilização eficiente” o inebria e impede de enxergar a si mesmo. Que fatos estão ocultos por esta operação ideológica? Que interesses poderosos permitem que ela esconda o Real?"
JOVENS DE FRANCISCO RECONSTRUAM A NOSSA ECONOMIA QUE COMO VEEM CAI EM RUÍNAS
A Economia de Francisco não é apenas um encontro, mas um processo já iniciado. É um caminho que não começa e nem termina em Assis, mas um movimento global em que as juventudes e as minorias abraâmicas se comprometem a imaginar um futuro no qual a economia seja colaborativa, solidária, criativa, inovadora e profundamente ecológica e democrática.
A PRIVATIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO ATRAVÉS DAS PLATAFORMAS DE ENSINO REMOTO
Estamos usando Zoom, Google Classroom, Microsoft Teams de uma forma completamente irresponsável e entregando os dados de estudantes para corporações privadas
HOW DEMOCRACIES CAN CLAIM BACK POWER IN THE DIGITAL WORLD
The main technologically-driven risk to democracies is the curation of content by social-media companies. Yet these controversies are merely symptoms of a larger threat: the depth of privatized power over the digital world. Every democratic country in the world faces the same challenge, but none can defuse it alone.
THE TECHNOLOGY THAT POWERS THE 2020 CAMPAIGNS, EXPLAINED
Microtargeting, data collection, and other tactics for winning your vote have come a long way since 2016.
MINVIVENDA Construyendo el País que Soñamos
Gran parte de las ciudades, especialmente en países en desarrollo, no se han preparado para la urbanización masiva que se ha experimentado en las últimas décadas, lo cual ha resultado en altos niveles de desorden e informalidad urbana
LAS DOS ÚNICAS DESTREZAS QUE NECESITARÁS EL EMPLEO EN UN FUTURO DE CERO EMISIONES NETAS EM ALC
La pandemia del coronavirus ha expuesto de manera muy cruel la vulnerabilidad de nuestras sociedades. Una recuperación verde e inclusiva es esencial para ayudar a enfrentar la crisis climática y construir un futuro mejor. BID, 2020
LAS DOS ÚNICAS DESTREZAS QUE NECESITARÁS PARA EL RESTO DE TU VIDA, COMO RESULTADO DAS ACELERADAS TRANSFORMAÇÕES TECNOLOGICAS EM CURSO, SEGÚN YUVAL NOAH HARARI
La inteligencia emocional, el equilibrio mental y la capacidad de mantenerse cambiando y aprendiendo y reinventándose a lo largo de la vida.
WEF Sustainable Development Impact Summit 2020
Leaders Rally for a ‘Great Reset’ to Achieve Global Goals

https://www.weforum.org/events/sustainable-development-impact-summit-2020/about
https://www.weforum.org/events/sustainable-development-impact-summit-2020/about/3d-world
The Great Reset
STEERING HUMAN EVOLUTION: EIGHTEENTHESES ON HOMO SAPIENS METAMORPHOSIS
This new book by Yehezkel Dror presents the emergence of human-made meta-evolution shaping our alternative futures. But initial steps, such as United Nation reforms, are urgent in order to contain calamities and may soon become feasible.
Cifra global de casos Covid-19 supera 30 millones
Más de la mitad se acumulan en apenas tres países: Estados Unidos, India y Brasil, de acuerdo con los datos recopilados por investigadores de la Universidad Johns Hopkins
EM 15 DIAS DE SETEMBRO PANTANAL TEM METADE DAS QUEIMADAS QUE TEVE EM 2019
https://br.noticias.yahoo.com/jair-bolsonaro-fogo-panantalmato-grosso-homenagem-ao-agronegocio-123614055.html
First COVID-19 Global Forecast, IHME(2020)
El escenario “más probable” que asume que el uso de mascarillas individuales y otras medidas de mitigación se quedan sin cambios, lo que resulta en aproximadamente 2,8 millones de muertes totales.
WORLD BANK Global Productivity: Trends, Drivers, and Policies (2020)
The first comprehensive analysis of the evolution and drivers of productivity growth, examines the effects of COVID-19 on productivity, and discusses a wide-range of policies needed to rekindle productivity growth.
WORLD BANK Global Economic Prospects (2020)
The global recession would be deeper if countries take longer to bring the pandemic under control, if financial stress triggers defaults, or if there are protracted effects on households and firms.
Marco de Resultados para el Desarrollo CURSOS IADB
https://cursos.iadb.org/en/indes/idb-course-catalog

https://cursos.iadb.org/es
El curso Marco de Resultados para el Desarrollo, es una invitación a conocer y profundizar en el diseño de iniciativas para el desarrollo con enfoque de efectividad, de tal manera que mediante una herramienta concreta los gestores públicos o los que se interesen en aportar valor público a la gerencia pública, puedan crear y gestionar programas o proyectos públicos que resuelven los problemas con y para las personas.
WORLD BANK Global Economic Prospects (2020)
The global recession would be deeper if countries take longer to bring the pandemic under control, if financial stress triggers defaults, or if there are protracted effects on households and firms.
WORLD BANK Global Productivity: Trends, Drivers, and Policies (2020)
The first comprehensive analysis of the evolution and drivers of productivity growth, examines the effects of COVID-19 on productivity, and discusses a wide-range of policies needed to rekindle productivity growth.
O colapso socioambiental não é um evento, é o processo em curso
NO JARDIM QUE DEUS NOS OFERECE SOMOS CHAMADOS A VIVER EM HARMONIA NA JUSTIÇA NA PAZ E NA FRATERNIDADE. Papa Francisco
http://www.ihu.unisinos.br/602569-o-governo-de-francisco-o-impulso-propulsor-do-pontificado-ainda-esta-ativo-artigo-de-antonio-spadaro
http://www.ihu.unisinos.br/images/stories/cadernos/ideias/298cadernosihuideias.pdf
Nova rodada do curso Integrando a Agenda 2030 e os ODS recebe inscrições
FLORESTA AMAZÔNICA a sociobiodiversidade como valor universal
A RETOMADA E O MERCADO DE TRABALHO
Nove milhões de brasileiros deixaram de comer por falta de dinheiro durante a pandemia
PANDEMIA ENLUTA A AMÉRICA LATINA E AMEAÇA APAGAR UMA DÉCADA DE AVANÇOS
Quase seis meses após desembarcar na América Latina, o coronavírus causou mais de 250.000 mortes e aprofunda a pobreza e a desigualdade, ameaçando apagar uma década de lentos avanços sociais.
O RISCO DE UMA CATÁSTROFE GERACIONAL
Não, ainda não é hora de voltar às aulas. O risco de contágio pelo coronavírus continua altíssimo. Mas como será o futuro? Como ficará o processo de aprendizado?
O ENSINO ONLINE VEIO PARA FICAR
O professor celebridade Salman Khan, admirado por Bill Gates e seguido por milhões mundo afora, ensina os ingredientes de uma boa lição via internet
BIOSENSORES Empresa filha da Unicamp recebe R$ 500 mil para desenvolver teste rápido contra a Covid19
The covid19 pandemic will be over by the end of 2021, says Bill Gates
Salir del túnel pandémico con crecimiento y equidad: Una estrategia para un nuevo compacto social en América Latina y el Caribe. BID Reports
https://publications.iadb.org/es/la-politica-publica-frente-al-covid-19-recomendaciones-para--america-latina-y-el-caribe
https://publications.iadb.org/es/del-confinamiento-a-la-reapertura-consideraciones-estrategicas-para-el-reinicio-de-las-actividades-en-america-latina-y-el-caribe-en-el-marco-de-la-covid-19
THIS IS NOW THE WORLD’S GREATEST THREAT – AND IT’S NOT CORONAVIRUS. WEF
The Economy in the Time of Covid19
WORLD BANK REPORT, 2020
O FORTALECIMENTO DO BITCOIN SIGNIFICA A TRANSFERÊNCIA DE RIQUEZA E PODER A CORRENTES POLÍTICAS ALIADAS AO CAPITAL
Bitcoin: a utopia tecnocrática do dinheiro apolítico
A PANDEMIA ECONÔMICA SERÁ DE UMA BRUTALIDADE DESCONHECIDA
Amazoniza-te antes que seja tarde
QUASE METADE DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS AINDA DESPEJA RESÍDUOS EM LIXÕES
2018: lixões e aterros controlados, uma realidade ainda gritante no Brasil
Cómo reducir los riesgos hidroclimáticos en ciudades? BID, 2020
E se essa crise mudou radicalmente o mundo do trabalho...
http://www.ihu.unisinos.br/601439-trabalho-a-pandemia-criara-uma-nova-geracao-perdida
http://www.ihu.unisinos.br/597409-a-pandemia-como-chave-do-futuro
O medo do futuro incerto. Artigo de Tarso Genro
DE ESTRUCTURAS A SERVICIOS
El camino a una mejor infraestructura en América Latina y el Caribe
Pandemia evidencia a emergência de superar o capitalismo e conceber outro socialismo
LA DESTRUCCIÓN DE LA NATURALEZA ES LO QUE NOS PONE EN CONTACTO CON LOS VIRUS
CIRCULAR ECONOMY
Closed Loop Partners teams with Walmart, CVS Target to take on the plastic bag
Globalização e o pensamento econômico franciscano: orientação do pensamento econômico franciscano e Caritas in Veritate
Prospects for a World of Declining GDP
The Planetary Emergency Plan
https://clubofrome.org/wp-content/uploads/2020/02/PlanetaryEmergencyPlan_CoR-4.pdf
O MUNDO PÓS-PANDEMIA
A new look at our 2020 Technology Vision trends
BID Respuestas Digitales de êxito contra el Coronavirus : Uruguay, Costa Rica y Surinam
https://publications.iadb.org/es/deteccion-prevencion-respuesta-y-recuperacion-con-tecnologia-digital-evidencias-de-la-aplicacion-de
https://socialdigital.iadb.org/es/solutions
Estrategia Digital frente al coronavirus COVID-19
Como a desigualdade alimenta as mortes por covid-19
PREVENTING THE COVID19 CRISIS FROM BECOMING A FOOD CRISIS
Urgent measures against hunger in Latin America and the Caribbean
PLANO NACIONAL DE ENFRENTAMENTO À PANDEMIA DA COVID-19 Associação Brasileira de Saúde Coletiva - ABRASCO ( Junho 30, 2020 )
OECD-FAO Agricultural Outlook 2019-2028/ Special Focus: Latin America, 2019
If AI is going to help us in a crisis we need a new kind of ethics urgently
What are the possibilities for the future in a postpandemic world?
An Opportunity for Fresh Perspectives
Poverty and populism put Latin America at the centre of pandemic
5 IMPACTOS SOCIAIS DE LONGO PRAZO DA PANDEMIA
http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/599268-america-latina-300-milhoes-de-pobres-ainda-em-2020-destes-83-milhoes-na-pobreza-extrema-segundo-a-cepal-e-oit
http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/598868-o-futuro-sombrio-da-america-latina
http://www.ihu.unisinos.br/597527
Veja este vídeo do Instagram de @facguarulhos
Apoio à gestão pública municipal é tema de atuação de investidores sociais privados frente à pandemia. Iniciativas visam ampliar a cooperação com governos locais e órgãos de saúde pública para gestão da crise e de seus impactos sociais, econômicos e fiscais.
DOCUMENTO AMÉRICA LATINA, LA CRISIS Y EL NUEVO ORDEN INTERNACIONAL
OS GOVERNOS DA DIREITA E DA EXTREMA DIREITA SÃO MUITO BONS PARA DESTRUIR MAS MUITO RUINS PARA CONSTRUIR
No One Knows What’s Going to Happen
If We Had a Real Leader
JORNADAS VIRTUALES "PARA QUE EL DÍA DESPUÉS SEAMOS MEJORES - CONSTRUYENDO CONSENSOS PARA LA ACCIÓN”. JORNADA 7: MODELO DE TRABAJO, EDUCACIÓN Y TECNOLOGÍA.
Laudato Si´ e o Pensamento de Edgar Morin
Laudato Si´ e o COVID -19
TENDENCIAS QUE MARCAN A LA SOCIEDAD DURANTE EL CORONAVIRUS, BID 2020
Jovens sem acesso adequado aos estudos estão apreensivos com o Enem, mas já tem caminhos
Como promover educação em tempos de coronavírus
Plataforma de Ensino Eleva
GUIA COMPLETO PARA CRIAR UMA ROTINA DE ESTUDOS PRESENCIAL E NÃO PRESENCIAL
Why The Crisis Requires A Fundamental Job Market Overhaul
SBGC Inteligência estratégica em tempos de crise
SERÃO NECESSÁRIOS SISTEMAS DE PROTEÇÃO DA SAÚDE E DE SEGURIDADE SOCIAL MAIS ROBUSTOS. ENTREVISTA COM JOSEPH STIGLITZ
Fundación Avina
Pandemia: buen diagnóstico, mejores prácticas – Inncontext
Relatório Anual Fundación Avina 2019
WEF Redesigning TRUST BLOCKCHAIN Deployment Toolkit to tackle supply chain failures exposed by COVID-19 and boost economic recovery
https://widgets.weforum.org/blockchain-toolkit/
https://widgets.weforum.org/blockchain-toolkit/modules
ESTA CRISE NOS INTERROGA SOBRE AS NOSSAS VERDADEIRAS NECESSIDADES, mascaradas nas alienações do cotidiano. Edgar Morin
COMO A PESTE NEGRA ESTA PANDEMIA NOS LEVARÁ A REPENSAR A SOCIEDADE. John Hatcher.
CENSURA E MÁ ADMINISTRAÇÃO É POR ISSO QUE O CORONAVÍRUS É UM NOVO CHERNOBYL. Francis Fukuyama, Serhii Plokhii, Roman Borisovich e Rebecca Harms
COVID19 REGRESO AL FUTURO
DISCURSO DO PAPA FRANCISCO AOS PARTICIPANTES NO CONGRESSO INTERNACIONAL A RIQUEZA DOS ANOS
SUPERAREMOS A PANDEMIA, MAIS...
Yuval Noah Harari 2020. Publicado na TIME.
Crisis: las doce cosas que sabemos con seguridad
Observatorio de la OIT – segunda edición. El COVID-19 y el mundo del trabajo, estimaciones actualizadas y análises

ESTER CERDEIRA SABINO, HEROINA NA COLA DO CORONAVÍRUS

Pesquisadora que coordenou o sequenciamento genético da nova variedade diz que pico da doença no Brasil deve ocorrer entre o final de abril e começo de maio

https://revistapesquisa.fapesp.br/2020/03/12/ester-cerdeira-sabino-na-cola-do-coronavirus/

https://revistapesquisa.fapesp.br/2020/04/07/coronavirus-avanca-no-brasil/

https://revistapesquisa.fapesp.br/2020/03/19/para-conter-o-avanco-explosivo/

https://revistapesquisa.fapesp.br/2020/03/31/um-guia-do-novo-coronavirus/

European Evaluation Society Evaluation in times of COVID19

In light of these unprecedented times with the outbreak of Covid19, we are all having to adapt our daily lives to practice social distancing. Beyond most of us now having to work from home, we are also facing challenges in terms of how we can continue to carry out evaluations and data collection under such circumstances. To help disseminate the plethora of information and guidance out there on this topic, EES has compiled a list of relevant articles, blog posts and trainings.

Millennium Project - COVID-19
The UN Coronavirus Communications Team | United Nations
CHAMADA DE ROMA PARA A ÉTICA - IBM e Microsoft assinam juramento ético da inteligência artificial no Vaticano
RenAIssence Rome Call for AI Ethics - POR UMA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL HUMANÍSTICA

O Vaticano reúne especialistas mundiais em ética da inteligência artificial

AN EMERGING WORLDVIEW
Nós falhamos, reconhece Cristovam Buarque
Papa Francisco- Audiência aos membros do Corpo Diplomático 2020-01-09
Desigualdades profundas, corrupção endêmica e deslizes antidemocráticos, populistas e extremistas. A crise da América Latina segundo Francisco
Global Consciousness Indicator
CRISIS SISTÉMICA GLOBAL – 2020: INICIO DE LA FASE DE ESTABILIZACIÓN
La economia de Francisco
SITE I | SITE II
COMO DESATAR O NÓ DA DESIGUALDADE PELA VISÃO DE THOMAS PIKETTY
A DESINDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA E A DESIGUALDADE SOCIAL.
PAULO FREIRE 98 anos do patrono da Educação Brasileira
SITE | PDF
QUO VADIS UNIVERSIDADE
Série Inteligência Artificial na Educação. Plataforma LIS
América Latina y el Caribe jugará un papel activo en la Cumbre de Acción Climática de la ONU
Indígenas chiapanecas se gradúan como ingenieras solares en India
ENCONTROS COM O FUTURO
Foresight Estratégico: Inovação a partir do futuro
Edward Seymour Cornish, founder and first president of the World Future Society and editor of its magazine, The Futurist, died August 14, 2019. He was 91.
Relatório da ONU faz extensa revisão científica para guiar futuro do planeta até 2050.
GREVE GLOBAL PELO CLIMA
SITE I | SITE II | TWITTER
O EMPODERAMENTO DAS MULHERES INDÍGENAS. Buscando espaço na política e na agenda nacional, elas assumem o protagonismo de suas causas e lutam contra o etnocídio e o ecocídio
Marcha das Margaridas: mulheres pedem mais diálogo
A ESCALADA DA DESIGUALDADE, publicado nesta quinta-feira 15 pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas, o FGVSocial. A análise destaque do estudo diz sobre uma escalada da desigualdade social nos últimos 4 anos.
CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE FORESIGHT ESTRATÉGICO
Amazon Deforestation Shot Up by 278% Last Month, Satellite Data Show
By Brandon Specktor | Planet Earth
Amazon Conservation Association, Get Involved, Offset Your Carbon
Amazon Deforestation Shot Up by 278% Last Month, Satellite Data Show
Future-se: uma proposta de quem não conhece a realidade da universidade. Entrevista especial com Renato Janine Ribeiro
AMAZÔNIA um Sínodo contestado
O LUGAR DAS MULHERES NAS EMPRESAS EM AMERICA LATINA
Are We Handling the Bee Crisis All Wrong?
AMAZÔNIA novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral
SITE I | PDF | PDF II
O LEGADO DA AMAZÔNIA
Desafios para um cuidado integral humanizado
Transforming the Future Seminar: Futures Literacy in Latin America
O PROFETA JEREMIAS PARA OS DIAS DE HOJE
Fritjof Capra : Video about systems thinking and SDGs
SITE I | SITE II
PARA O PAPA NÃO BASTA PROCLAMAR OS PRINCÍPIOS É PRECISO MUDAR AS ESTRUTURAS DE PECADO
ENTREVISTA COM EDGAR MORIN(97) E ALAIN TOURAINE(93): Liberté, égalité fraternité: para todos?
STIGLITZ hora de enterrar um sistema fracassado
CHINA IS NOT THE ENEMY
DEFICIÊNCIAS NA ESTRUTURA INSTITUCIONAL DO PAÍS E NA EDUCAÇÃO IMPEDEM BRASIL DE COMPETIR E INVESTIR EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA
SITE/PDF
Accelerate 2030 e o desenvolvimento sustentável no Paraná
OS DONOS DO AGRONEGÓCIO E A ALIMENTAÇÃO
SITE I / SITE II / PDF
Lançamento da Plataforma TEACH THE FUTURE BRASIL - Março 1,2019
TEACH THE FUTURE
TEACH THE FUTURE - Vídeo 1
TEACH THE FUTURE - Vídeo 2
8 THINGS THAT MOVED THE CIRCULAR ECONOMY FORWARD IN 2018
2018 Future Focus THE NEW MACHINE RULES
2019 SERÁ UM DOS CINCO ANOS MAIS QUENTES DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE
2019 Social Progress Index SPI
A BUSINESS MODEL FOR SUSTAINABILITY
Approaches to SDG 17 Partnerships for the Sustainable Development Goals (SDGs)
SITE/ PDF
ARTIFICIAL INTELLIGENCE IS ATTRACTING INVESTORS, INVENTORS, AND ACADEMIC RESEARCHERS WORLDWIDE. Sean Cavanagh
Bernie Sanders Discurso sobre la codicia de las grandes corporaciones y el declive de la clase media. Un apasionado alegato en defensa de la clase media como motor de la economía y la democracia
SITE I/ SITE II/ SITE III
C40 SUMMARY FOR URBAN POLICYMAKERS: What the IPCC Special Report on Global Warming of 1.5°C means for cities.
EL PANORAMA SOCIAL DE AMÉRICA LATINA 2018 PDF I / PDF II / PDF III
Ciencia tecnología y desarrollo Políticas y visiones de futuro en América Latina (1950-2050)
CONFERÊNCIA MUNDIAL DE ESTUDOS DO FUTURO SETEMBRO 2019 NO MÉXICO
ECONOMIA COMPARTILHADA
ECONOMIA VERDE
EL MODELO ECONÓMICO CIRCULAR PARA LIDERAR EL CAMBIO ORGANIZACIONAL
Foresight in the Context of Evolution: Utopian Thought
GLOBAL COMMISSION RELEASES RECOMMENDATIONS FOR DECENT SUSTAINABLE WORK FOR ALL
PDF/ SITE
GREENING THE BANKS
HÁ MUNDO POR VIR? A NECESSIDADE DE PENSAR O IMPOSSÍVEL.
HERE IS WHAT LIFE MIGHT LOOK LIKE IN 2030
HOLOTROPIC STATES OF CONSCIOUSNESS: Technologies of the Sacred
HOW BLOCKCHAIN WILL TRANSFORM ECONOMICS
HOW CHINA COULD DOMINATE SCIENCE
HOW DEMOCRACIES DIE
HUMAN RIGTHS WATCH WORLD REPORT 2018
DANIELLE CHRONICLES OF A SUPERHEROINE
SITE / VIDEO
INDUSTRIES IN 2019
INTERPRETING ECONOMIC COMPLEXITY
La XXVI Cumbre Iberoamericana
SITE / VIDEO
Leadership in Community Resilience
SITE I / SITE II
Making Globalization Work: Climate, Inclusiveness and International Governance Top Agenda of the World Economic Forum Annual Meeting 2019
SITE I / SITE II
Nature for People Planet Prosperity and Peace
OUR INABILITY TO LOOK BEYOND THE LATEST NEWS CYCLE, COULD BE ONE OF THE MOST DANGEROUS TRAITS OF OUR GENERATION
PLATAFORMA EDUCAÇÃO 360
SITE I / SITE II / SITE III
PREPARING FOR A WORLD OF DISORDER
SITE I / PDF
Proposed Roadmap of UTM 21st Century Education System Using TRIZ System Evolution Forecasting Methodology
REPENSAR EL MUNDO 20 cuestiones que necesitas responder
REPLACING CORPORATE CAPITALISM Why We Need a Next System
SITE / VIDEO
ROBOTS ARE NOT TAKING YOUR JOBS YET
SITE I / SITE II
SAFEGUARDING OUR PLANET. Al Gore et al
SKOLL FOUNDATION Social Entrepreneur
SMART CITIES
SMART TECHNOLOGY USES IN SUSTAINABLE DEVELOPMENT
SUSTENTABILIDADE SÓCIAL ferramenta para uma estruturação mais justa e equânime das cidades
TEACH THE FUTURE. PREPARE STUDENTS FOR TOMORROW. TEACH THE FUTURE TODAY
Team Human is a manifesto
SITE I / SITE II
THE FOURTH INDUSTRIAL REVOLUTION — that’s the one we’re living through now — is characterized by a fusion of digital, biological and industrial tech: Think autonomous vehicles, nanotechnology, 3D printing and the Internet of Things.
SITE I / PDF I / PDF II
The Global Risks Report 2019
THREE TRENDS TO WATCH IN HUMAN PLUS MACHINE COLLABORATION DRIVING HEALTHCARE INNOVATION
Urban start ups address cities pressing issues
WEF AN INSIGHT AN IDEA WITH DENIS MUKWEGE
WEF Ten reasons to be optimistic in 2019
WELCOME TO THE ANTICORRUPTION KNOWLEDGE HUB
Were going in the right direction but we have to dramatically pick up the pace
WORLD ECONOMIC FORUMS GLOBAL RISKS REPORT 2019.
SITE I / SITE II / PDF
Call for abstracts and proposals: Uses of the futures XXIII WFSF World conference
Documentos de trabajo
Internet da WDL: A Biblioteca Digital Mundial
Global waste generation will nearly double by 2050
1 Million Children Meditating For World Peace In Thailand
El Instituto de la Mujer Empresa de Unifranz contribuye al empoderamiento de las emprendedoras
Roda de Conversa com Renato Rua de Almeida sobre Jacques Maritain
Conselho Chileno de Prospectiva e Estratégia
CALIFORNIA VISION 2020. Lighting our way to a better
Boletim FUTUREANDO AGOSTO 2018, WFS-Capítulo Mexicano
4 charts on how people around the world see education
Deficiência da B12 e glifosato, quem diria?
Fórum Campinas pela Paz traz Lázaro Ramos e neto de Gandhi
Reuniões: Talk Show com Arun Gandhi e Lázaro Ramos 24/02/2018
Livro de Steven Pinker defende o otimismo contra o caos
História das Mulheres
A Mulher na História
Dia Internacional da Mulher
Movimento Feminista
História Feminismo 03 Ondas
História Mov. Feminista
Movimentos Sociais Feminista
Mulheres do Brasil
O voto feminino no Brasil
Mulheres militantes na ditadura
Repressão a Mulher na ditadura
Mulheres Curdas em Luta
Guerrilheiras das FARCs
Mulheres Zapatistas
Mulheres Palestinas em Luta - fhedayens
Câmara aprova projeto que institui 2018 como Ano de Valorização do Idoso
Lançamento virtual Wdl - A Biblioteca Digital Mundial.
As 5 tecnologias que vão mudar o mundo em 5 anos, segundo a IBM
We need to develop new processes of collective storytelling across sectors to navigate turbulent times and foster systems change.
Novo 'Referencial da Teoria da Sabedoria' & Assessor Fapesp
Evaluation Of Quality Of A Project Management & Scientific Publications Based On A New Wisdom Framework.
El mundo está perdiendo la batalla contra el trabajo infantil
RETHINKING EDUCATION - Towards a global common good
PDF
Vídeo
Redesigning the curriculum for the 21st century:
The Sixth GUNi Higher Education in the World report, Towards a Socially Responsible University: Balancing the global with the local
A Reforma Política com Base para o Desenvolvimento Econômico Brasileiro.
Vida e Inteligencia Artificial: La revolución que desafía al mundo actual
Uma Verdade Mais Inconveniente: entre os impactos e a esperança para o fim da crise climática
Globalisation requires us to foster global citizens - Globalisation requires us to foster global citizens - University World News
Los países emergentes liderarán la economía mundial en 2050:
CEBDS lança prêmio de liderança feminina:
Workforce of the future:
Evaluation of Quality of a Project Management & Scientific Publications Based On a New Wisdom Framework:
"Professores são agentes e objetos de mudanças", diz diretora de Harvard:
Building The New American Economy: Smart, Fair and Sustainable:
Maurice Conti: The incredible inventions of intuitive AL:
Prospectiva: Visión y construcción de futuros
Experts Predict When Artificial Intelligence Will Exceed Human Performance
Change² - A film by Gerd Leonhard